DestaqueNotíciasPolítica

Deputada quer formação de médicos e agrônomos no Conesul

O Estado vai articular em Brasília para que a Uems (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) possa instalar turmas de Medicina, Direito e Agronomia em cidades do Conesul. A pressa para que os cursos sejam autorizados em 2018 é grande e a medida atenderia as cidades de Naviraí, Amambai e Mundo Novo.

O engajamento para que essa realização aconteça parte da deputada Mara Caseiro, que já foi prefeita de Eldorado, outra cidade que possui interesse na abertura dos cursos, assim como Itaquirai, Iguatemi, Japorã, Tacuru e Sete Quedas.

“A implantação desses cursos vai melhorar, sem dúvida, a qualidade do ensino, e de profissionais para atender a região do Conesul do Estado. Essa é uma antiga reivindicação dos jovens da região, que se tivessem esses cursos em uma instituição pública no Conesul facilitaria muito a vida desses estudantes, pois não teriam que se deslocar para outras cidades mais distantes”, afirma a parlamentar que é autora de uma indicação aprovada em plenário para que a Assembleia acione a Secretaria de Estado de Educação para iniciar as tratativas com a Uems e também com a União quanto a demanda.

Com 16 polos no Mato Grosso do Sul, a Uems está em nove cidades do Conesul, mas só oferta a preparação acadêmica de Medicina em Dourados e Campo Grande. Pelo pedido da deputada Naviraí passaria a ser a terceira cidade com essa condição, mesmo caso do curso de Agronomia, que é lecionado nos polos de Cassilândia e Aquidauana, e também seria dado em Mundo Novo.

A proposição de Mara Caseiro, com aval do plenário relaciona também a cidade de Amambai como requerente para o curso de Direito na unidade da Uems.

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar