DestaqueVariedades

Torres de transmissão de energia são derrubadas em Rondônia e no Paraná; Aneel fala em “sabotagem” e “vandalismo”

Ministério de Minas e Energia e Operador Nacional do Sistema colocaram em prática medidas emergenciais para garantir fornecimento de energia

Após a invasão à sede dos Três Poderes em Brasília, a infraestrutura de energia elétrica do país também foi alvo de ataques e vandalismo nos últimos dias. Pelo menos seis torres de transmissão de energia foram danificadas em municípios de Rondônia e do Paraná.

As ocorrências, que afetaram ativos da Eletrobras (ELET6) e do grupo Evoltz, constam de dois boletins elaborados pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Os documentos são parte do trabalho do Gabinete de Acompanhamento da Situação do Sistema Elétrico Brasileiro, instalado pelo Ministério de Minas e Energia em meio à percepção de ataques ao sistema.

Uma torre de transmissão, identificada com o número 114, foi derrubada no município de Medianeira (PR) e outras três estruturas (torres 112, 113 e 115) foram danificadas.

O documento da agência ressalta que não foram observadas condições climáticas que pudessem ter causado algum tipo de dano à linha de transmissão e diz que “há indícios de vandalismo”. A ocorrência foi verificada às 0h13 (horário de Brasília) de segunda-feira (9).

Em Rondônia, nos municípios de Porto Velho e Ariquemes, a Aneel relata que duas torres foram derrubadas, com “indícios de sabotagem”, segundo o boletim.

Apesar dos transtornos provocados pelos danos às linhas de transmissão, não houve interrupção na carga ou distribuição de energia elétrica nessas regiões. As ocorrências, neste caso, ocorreram entre a noite de domingo (8) e a madrugada de segunda-feira.

 

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar