quarta-feira,
21/02/2024
Mais
    InícioDestaqueVice-prefeita Rosária entra em embate com CCR para implementação de placa de...

    Vice-prefeita Rosária entra em embate com CCR para implementação de placa de identificação em Mundo Novo

    A semana não começou tão calma. Na manhã desta segunda (26), a vice-prefeita Rosária Lucca se encontrava despachando com o prefeito Valdomiro Sobrinho em sua residência, que está trabalhando em casa devido problemas de saúde, quando a parlamentar recebeu uma ligação de funcionários a avisando que a empresa CCR/MSVia não estava autorizando a implementação de uma placa de identificação próximo ao Master Hotel.

    Rapidamente a vice-prefeita foi ao local e o embate começou com a presença de policiais rodoviários federais e a CCR negando que o portal seria posto lá. Segundo Rosária, o local é municipal e a placa tem que ser implantada, pois ali não existe ilegalidade alguma, além de nada atrapalhar o trânsito e beneficiar Mundo Novo com uma placa de identificação.

    Policiais da PRF inicialmente não acataram a palavra/ideia da vice-comandante municipal, onde chegaram a dizer para que ela estava errada e tinha que dar exemplo em sua ação.

    Mesmo com a presença dos policiais e da CCR, Rosária não se acanhou e seguiu firmemente com a sua palavra, onde por diversas vezes disse que a placa iria ser instalada e se necessário, até presa ela poderia ser, porém a placa iria ser implantada.

    Alguns minutos após o início da discussão, o advogado do executivo de Mundo Novo, Carlos Rogério, esteve presente no local e conversou com o federais sobre os trâmites burocráticos e judiciários a serem realizados para não ter alteração entre ambos e a placa ser instalada.

    Depois de quase uma hora de divergências, Rosária e Rogério, ambos mundonovenses conseguiram uma “certa liberação” para implantar a placa de identificação de quem chega do Paraná ao Mato Grosso do Sul, através de Mundo Novo.

    Os policiais foram instruídos pelos seus superiores a notificar a prefeitura e a vice-prefeita. Este termo redigido foi realizado para Rosária Lucca assinar, onde no documento diz que a implantação da placa no local é de forma indevida/irregular.

    Carlos Rogério, advogado da prefeitura, afirma que o município entrará com uma ação dizendo que nada de ilegal foi realizado e o executivo tomará as providências cabíveis para se defender.

     

    Fonte: TV Sobrinho News

    Mais Lidas