DestaqueVariedades

Os 144.000 do Apocalipse – Mistérios que serão decifrados

Os 144.000 servos que Deus selou em Apocalipse e que são mencionados novamente, têm sido assunto de muita controvérsia e especulação. Alguns têm usado estes textos para “provar” um número exato de pessoas que estarão no céu. Uma leitura cuidadosa do contexto e do livro inteiro de Apocalipse mostra que isto não é um número literal daqueles que irão para o céu.

O livro de Apocalipse usa linguagem simbólica para descrever a grande vitória do povo de Deus sobre os inimigos que o perseguiram. Candelabros podem representam igrejas, estrelas algumas vezes simbolizam anjos, Jesus é pintado como um leão e um cordeiro, Satanás é um dragão e uma serpente. Uma cidade perversa é descrita como uma prostituta e reis são representados como cabeças de horríveis bestas ou chifres. Há muitos outros exemplos. Estes, porém, são suficientes para mostrar a linguagem altamente simbólica do livro.

Os números são especialmente significativos em apocalipse. Sete é repetidamente usado para representar a inteireza e quatro representa o mundo. Várias formas de três anos e meio (42 meses; 1260 dias; um tempo, tempos e a metade de um tempo) simbolizam um breve período de sofrimento e perseguição. Os números têm um significado simbólico no tratado apocalíptico.

O número 144.000 – Doze é usado para representar o povo de Deus (12 tribos no Velho Testamento e 12 apóstolos no Novo). Dez é um número completo. Quando Deus quer descrever simbolicamente a totalidade de seu povo, ele usa 12 x 12 x 10 x 10 x 10. Outros termos simbólicos dão significado extra a este número. Eles são israelitas, 12.000 de cada tribo, homens virgens puros. Estes textos não devem ser interpretados como uma designação literal daqueles que irão para o céu. Mulheres, não só homens, estarão no céu. Pessoas que são casadas na Terra, não exatamente virgens, estarão lá também. Gentios, junto com judeus, estarão no céu. As descrições são simbólicas, tal como é o número. Podem com certeza, muito mais do que 144.000 pessoas redimidas, ter morada no céu. Não se pode ficar confuso por ventos de doutrinas – as falsas doutrinas de homens -, que oferecem a Terra quando os fiéis podem habitar o céu. É possível que no período da grande tribulação Deus levantará os 144 mil como remanescentes de Israel.

 

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar