DestaquePolítica

Contra impeachment, Dilma se defende no Senado; assista

A presidente afastada terá 30 minutos para falar aos senadores

Começou às 8h45 (horário de MS) desta segunda-feira mais uma etapa da sessão de julgamento da presidente afastada Dilma Rousseff (PT). A sessão começou na quinta-feira (25) e a previsão é que se estenda por até uma semana.

 No início da sessão, o ministro Ricardo Lewandowski e presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) alertou a todos que acompanham a sessão que manifestações de apoio ou repúdio não serão aceitas e que a polícia legislativa poderá agir.

Dilma terá 30 minutos para falar em sua defesa e poderá ser questionada por senadores, que têm até 5 minutos cada um para formular as perguntas. A presidente poderá optar por não responder as perguntas e permanecer em silêncio, conforme rege a Constituição.

 

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar