quinta-feira,
25/07/2024
Mais
    InícioNotíciasMP abre inquérito para apurar baixo efetivo da Polícia Militar em Mato...

    MP abre inquérito para apurar baixo efetivo da Polícia Militar em Mato Grosso do Sul

    Ministério Público de Mato Grosso do Sul (MP-MS) abriu um inquérito civil para apurar o baixo efetivo da Polícia Militar do estado (PM). O edital, foi publicado na edição desta segunda-feira (4), do órgão e foi assinado pela promotora de Justiça Luciana Moreira Schenk, do Grupo de Atuação Especial de Controle Externo da Atividade Policial (Gacep).

    Um levantamento da Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar e Bombeiros Militares de Mato Grosso do Sul (ACS/PMBM/MS), aponta que o déficit atual no estado é de 4 mil policiais militares e que a situação tem se agravado pelo elevado número de profissionais que tem pedido para entrar na reserva. A entidade destaca que com base em publicações no Diário Oficial do estado, que somente no último ano, pelo menos 600 policiais militares fizeram o requerimento.

    A Secretaria Estadual de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), por meio da assessoria de imprensa, informou que não pode divulgar o efetivo total da Polícia Militar do estado, pois essa informação seria um dado estratégico na política de segurança pública.

    A ACS/PMBM/MS aponta que os concursos públicos poderiam ajudar a diminuir o déficit de efetivo da corporação, mas que desde 2015 o governo do estado não promove nenhum certame para a Polícia Militar, e que neste período ocorreu somente a promoção de alguns soldados que eram do concurso anterior.

    Sobre a abertura do inquérito pelo MP-MS, a Sejusp informou que recebeu um ofício sobre esse inquérito, mas desconhece esse estudo do déficit de policiais. Nesta segunda-feira (4), às 15h (de MS), haverá uma reunião entre Ministério Público e Sejusp para tratar desse assunto.

    Mais Lidas