DestaqueVariedades

Ele cuida de milhares de ovelhas – Jesus é o bom pastor

Jesus sempre falava sobre algo que seus ouvintes conseguiam facilmente visualizar, ovelhas e apriscos. Mas ele estava falando em sentido figurado. Os judeus talvez se lembrassem das palavras de Davi: “O Senhor é o meu Pastor. Nada me faltará. Ele me faz deitar em verdes pastagens.”” Em outro salmo, Davi fez um convite à nação: “Ajoelhemo-nos diante de Jeová, aquele que nos fez, pois Ele é o nosso Deus, e nós somos o povo do seu pasto.” Os israelitas que estavam debaixo da Lei por muito tempo foram comparados a um rebanho de ovelhas.

A Lei serviu como uma cerca, separando-os das práticas corruptas dos que não estavam sob esse pacto. Mas alguns israelitas maltrataram o rebanho de Deus. Jesus declara: “Digo-lhes com toda a certeza: Quem não entra no aprisco das ovelhas pela porta, mas sobe por outro lugar, é ladrão e saqueador. Mas quem entra pela porta é o pastor das ovelhas.”.

O porteiro abre para Ele, e as ovelhas escutam a Sua voz. Ele chama pelo nome as suas ovelhas e as leva para fora. Depois de retirar todas as suas ovelhas, Ele vai à frente delas, e elas O seguem, porque conhecem a Sua voz. De modo algum seguirão um estranho, mas fugirão dele, porque não conhecem a voz de estranhos.” Algum tempo antes, João Batista, como um porteiro, identificou Jesus como aquele a quem as ovelhas simbólicas que estavam sob a Lei deveriam seguir. E algumas delas, na Galileia e na Judeia, reconheceram a voz de Jesus. Jesus orienta: “Eu Sou a porta das ovelhas. Todos os que vieram em meu lugar são ladrões e saqueadores; mas as ovelhas não os escutaram. Eu Sou a porta. Quem entrar por mim será salvo; entrará e sairá, e achará pastagem.”

Fica claro que Jesus falava sobre algo novo. Seus ouvintes sabiam que Ele não é a porta para o pacto da Lei, que já existia por séculos. Ele estava falando que as ovelhas que Ele “leva para fora” vão entrar em outro aprisco. Jesus deu mais detalhes sobre seu papel: “Eu vim para que tivessem vida, e a tivessem em abundância. Eu Sou o Bom Pastor; o bom pastor dá a Sua vida pelas ovelhas.”

Noutra ocasião, Jesus consolou Seus discípulos por dizer: “Não tema, pequeno rebanho, porque o Seu Pai se agradou de dar o Reino a vocês.” Os que fazem parte do “pequeno rebanho” são os que Jesus vai levar até um novo aprisco, para que ‘tenham vida abundante. Jesus ainda não encerrou o assunto. Ele diz: “Tenho outras ovelhas, que não são desse aprisco; a essas também tenho de trazer, e elas escutarão a minha voz e se tornarão um só rebanho, com um só pastor.” Essas “outras ovelhas” não são “desse aprisco”, são de um aprisco diferente do “pequeno rebanho” que vai herdar o Reino. Esses apriscos, ou currais de ovelhas, têm esperanças diferentes. Mesmo assim, as ovelhas dos dois apriscos se beneficiarão do papel de Jesus. Ele disse: “É por isso que o Pai me ama, porque entrego a minha vida.” .

 

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar