DestaquePolicial

Jovem de 26 anos morre após fazer aborto em clínica clandestina

Uma jovem de 26 anos morreu depois de fazer um aborto em uma clínica de Porto Murtinho, distante 431 km de Campo Grande na terça-feira (6). A mãe da jovem registrou boletim de ocorrência nesta quinta-feira (8) e soube da morte da filha através da ligação de uma amiga.

Segundo o registro policial, a vítima morava na cidade de Jardim com a amiga que ligou para a mãe e contou que a jovem estava grávida e havia viajado com uma mulher para Porto Murtinho, para abortar.

Ao chegar na cidade, a jovem passou mal durante o procedimento e foi levada ao hospital da cidade, porém, escondeu do médico que teria realizado o aborto, dizendo que estava doente devido ao calor.

Com a saúde debilitada, a vítima ficou aguardando vaga zero para ser transferida a Campo Grande. Dentro da ambulância, em Jardim, a jovem morreu.

Na cidade, a mulher que a acompanhou para fazer o aborto, foi ao cartório e fez uma certidão de óbito constando insuficiência respiratória aguda e traumatismo craniano encefálico.

O corpo foi encaminhado para Campo Grande. A mãe da jovem quer que a polícia investigue o caso.

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar