DestaquePolítica

Em depoimento à PF, Delcídio entrega Dilma e Lula, diz colunista

Informação foi revelada nesta quinta-feira por colunista da Istoé e Band

Em depoimento à Polícia Federal pouco antes de ter sido solto, no último dia 19 de fevereiro, o senador suspenso do PT, Delcídio do Amaral, teria revelado que a presidente Dilma Rousseff (PT) e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tentaram interferir na Operação Lava Jato. A informação foi divulgada nesta quinta-feira (3) pelo colunista da Revista Istoé, Ricardo Boechat.

Conforme a revista, o depoimento faz parte de uma delação premiada, no entanto, a defesa e o próprio senador depois de solto afirmaram que nenhuma delação ocorreu, apenas depoimentos de rotina.

Dilma teria conversado com auxiliares e nomeado ministros para o Superior Tribunal de Justiça (STJ) que seriam favoráveis às teses de advogados dos acusados na operação, segundo o colunista.

Com isso, a presidente ajudaria empreiteiras e políticos alvos da força-tarefa encabeçada pela Polícia Federal.

No depoimento, o senador teria revelado, ainda, que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva também atuou para ajudar investigados pela operação. Ele teria articulado o encontro entre Delcídio e Bruno Cerveró, filho do ex-diretor da Petrobras, Nestor Cerveró, e que levou a prisão do senador, em 25 de novembro do ano passado.

A defesa de Delcídio e o próprio senador ainda não se manifestaram sobre as informações reveladas pelo colunista.

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar