NotíciasOutros DestaquesPolítica

Após blindagem no Congresso, Carlos Marun fala até de reeleição para Temer

Depois da vitória política que impediu que o presidente Michel Temer (PMDB) fosse julgado, arquivando denúncia de organização criminosa e obstrução a Justiça, o deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS) fala até em reeleição. Temer é apontado como o presidente com os piores índices de popularidade da atualidade no mundo. Mesmo assim, Marun disse em Campo Grande nesta sexta-feira (27) que o Michel é a primeira opção do partido para as eleições de 2018.

“Todos dizem que o Temer está morto, mas ele não está tão morto quanto parece. Nossa primeira opção para a Presidência é o presidente Temer, porque não vamos apoiar Lula e Bolsonaro”, disse o parlamentar durante evento na capital sul-mato-grossense.

Marun ressaltou que outras opções têm sido construídas, restando excluída da equação apoio ao governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), por seu partido não ter apoiado Temer durante o arquivamento de denúncias realizadas pela PGR (Procuradoria-Geral da República).

“Apoio ao Alckmin está sepultado, não há qualquer chance de apoiá-lo nas próximas eleições”, explicou, apontando que em Mato Grosso do Sul os peemedebistas fecharam consenso quanto a pré-candidatura do ex-governador André Puccinelli, tendo o prefeito de Costa Rica, Waldeli dos Santos, como alternativa.

Em relação aos efeitos eleitorais de seu apoio a Temer, o parlamentar sul-mato-grossense comentou: “Tenho recebido mais cumprimentos do que críticas, que nas redes sociais são fakes. Acredito que expressei a vontade de boa parte da população, não a maioria”.

 

 

MidiaMax

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar