sábado,
13/04/2024
Mais
    InícioDestaqueProtesto nas ruas pode acelerar processo de impeachment de Dilma

    Protesto nas ruas pode acelerar processo de impeachment de Dilma

    Bancada federal acredita na queda da presidente com pressão popular

    A bancada federal de Mato Grosso do Sul acredita que é questão de tempo para a presidente Dilma Rousseff (PT) deixar o governo. Até mesmos os representantes de partidos aliados consideraram a manifestação grande e começaram a reavaliar a possibilidade de votar a favor do seu afastamento, caso o nome de Dilma apareça nas investigações da Lava Jato.

    A maioria dos parlamentares são da oposição e preveem que ainda essa semana seja aberto o processo de impeachment. “Com certeza o ingrediente das manifestações nas ruas era o que faltava. Isso com certeza vai fazer com que o processo de impeachment avance. Os congressistas não podem tampar os ouvidos. Vamos acelerar o processo de instalação da Comissão Especial do Impeachment”, afirmou o deputado federal Geraldo Resende (PMDB).

    Depois de ouvir a força da voz das ruas, os parlamentares prometem fazer agora a parte deles. “Acredito que na quinta-feira (17) o Supremo Tribunal Federal coloque em pauta os embargos infringentes e veja como vai funcionar o processo de impeachment. Vai ser algo rápido e menos traumático para a população, para que o Brasil retome após esse período tão ruim a legalidade e possamos reconstruir nosso país”, completou o peemedebista.

    Mais Lidas