CidadesDestaque

Prefeito suspende decreto sobre caronas remuneradas na Capital

Medida ocorre no dia em que vereadores iniciam debates

Foi suspenso, pelo prefeito Marcos Trad (PSD), decreto que regulamenta caronas remuneradas em Campo Grande. Justificativa considerou necessidade de “debate mais amplo” sobre o tema.

Medida ocorre no mesmo dia em que vereadores iniciam diálogo com as categorias sobre o controverso decreto que limita o serviço prestado por aplicativos a 490 veículos na Capital.

Com metodologia semelhantes aos táxis, Trad havia autorizado indicação de auxiliares aos motoristas que estarão sujeitos a cadastro na Agência Municipal de Trânsito (Agetran).

Na prática, o decreto estará suspenso por 180 dias para realização de audiências públicas e adequação as novas regras pelos condutores cadastrados nas plataformas.

POLÊMICA

Assinado em fevereiro, o decreto enfureceu motoristas quando limitou o número de veículos a frota existente de táxis em Campo Grande. Quatro dias depois, o prefeito voltou atrás e anunciou mudanças.

Para a carona remunerada, ao invés de placas vermelhas, serão adotados adesivos com marca d’água com os dizeres “estou legal”. A prefeitura não descarta flexibilizar itens como valor do seguro, fabricação e propriedade do veículo.

“Legalização dos aplicativos é para dar segurança aos campo-grandenses. Não farei jogo com cartéis ou grupos de pressão”, já havia ressaltado Marcos Trad, que prevê cobrança do Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN) no que as empresas cobram dos motoristas.

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar