DestaqueVariedades

A FAIXA DE GAZA E OS CONFLITOS NA PALESTINA

Os conflitos entre Israel e Palestina se estendem desde a década de 1940

Faixa de Gaza é um território que, com a Cisjordânia, que forma a Palestina. Está localizada no Oriente Médio, entre os países Israel e Egito, na costa do mar Mediterrâneo. O território gazeu é uma estreita faixa de terra, que historicamente foi ocupada por diversos povos, como os árabes. A Faixa de Gaza surgiu entre 1948 e 1949, quando a Palestina foi dividida em três partes: Estado de Israel, Cisjordânia e Faixa de Gaza. Com a criação do Estado de Israel muitos palestinos se refugiaram na região. Os filisteus são descritos como inimigos mortais dos israelitas. Um povo estrangeiro, que veio do oeste e se estabeleceu em cinco cidades: Asdode, Ascalão, Ecrom, Gaza e Gate, hoje regiões do sul de Israel e Faixa de Gaza.

Mais de 80% dos moradores de Gaza dependem de ajuda humanitária. Só um quarto das casas recebem água diariamente. Quase toda a água dos aquíferos da região não é apropriada para beber, segundo a ONU – e os aquíferos são as únicas fontes naturais de água do território. A Faixa de Gaza tem a sétima maior taxa de crescimento demográfico do mundo, além de ser um dos territórios mais densamente povoados do planeta, e praticamente não tem indústrias.

Surgido da religião mosaica, o judaísmo, apesar de suas ramificações, defende um conjunto de doutrinas que o distingue: a crença em YHWH como criador e Deus e a eleição de Israel como povo escolhido para receber a revelação da Torá, que seriam os mandamentos deste Deus. De acordo com estudos genéticos, os palestinos têm ascendência levantina, semelhante à dos judeus, turcos, libaneses, egípcios, armênios e iranianos.

Os conflitos entre Israel e Palestina se estendem desde a década de 1940 e são motivados essencialmente pela disputa em torno do território palestino. Essa disputa se iniciou por meio da migração de milhares de judeus para a Palestina, então povoada por árabes. Os palestinos são os árabes levantinos de religião cristã e muçulmana cujas famílias habitavam o atual território de Israel, a Cisjordânia e a Faixa de Gaza antes de 1948.

Os ataques israelenses resultaram em milhares de mortos palestinos, sobretudo entre a população civil, além de produzirem graves danos à infraestrutura local, enquanto os mísseis do Hamas foram, em sua maioria, interceptados pelo eficiente sistema de defesa antiaéreo israelense. Durante duas semanas de conflito, grupos palestinos como o Hamas e Jihad Islâmica dispararam mais de 4 000 foguetes contra Israel a partir de Gaza, dirigidos primeiramente à região central israelense, inclusive Jerusalém e Bete-Semes,[77] e depois contra cidades israelenses fronteiriças. Os constantes ataques de Israel à região de Gaza têm deixado milhares de mortos e não cessam as guerrilhas, mesmo havendo intervenção de potências mundiais, como os Estados Unidos da América.

Faixa de Gaza tem o controle muçulmano, sendo sua população marcada pela religião islâmica. Mesmo sem oferecer condições, é um dos territórios mais densamente povoados da Terra, contando com mais de dois milhões de habitantes. .

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar