quinta-feira,
16/05/2024
Mais
    InícioDestaqueSAÚDE NO MUNICÍPIO DE ITAQUIRAÍ

    SAÚDE NO MUNICÍPIO DE ITAQUIRAÍ

    Ação da Secretaria de Saúde de Itaquiraí, Governo do Estado e Hospital São Francisco, atendeu mais de 300 pessoas com avaliações e cirurgias oftalmológicas

    A Prefeitura de Itaquiraí e o Governo de Mato Grosso do Sul com apoio da ABI (Hospital São Francisco), realizaram no último sábado (04/11/23), o Programa Estadual “MS Saúde – Mais Saúde Menos fila”. Mais de 300 pessoas foram atendidas, passando por avaliações e cirurgias de pterígio. As cirurgias de catarata deverão acontecer dentro deste mês, de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde.

    O evento foi acompanhado pelo vice-prefeito, Dr. Bruno, pelo secretário municipal de saúde, Luiz Carlos, pela superintendente de regionalização da SES, Maria Angélica, pelo representante do Governo do Estado, Ricardo Fávaro, servidores da Secretaria Municipal e Estadual de Saúde, além de colaboradores da ABI– Hospital São Francisco.

    O secretário Luiz Carlos e sua equipe, estiveram dando todo suporte para as pessoas atendidas. “Foram vário dias se programando para podermos atender todas essas pessoas. “Para nós que estamos à frente da pasta da saúde, isso significa um grande avanço, ver que as pessoas estão sendo atendidas e sem burocracia. Os pacientes chegam, passam pela avaliação e já são encaminhados para os procedimentos. 99 cirurgias de pterígio foram realizadas e, ainda esse mês iremos atender com as cirurgias de catarata”, comentou o secretário de saúde, que agradeceu a presença dos colegas secretários Edilson (Finanças), Silvia Freire (Educação) e Donato (Obras).

    O vice-prefeito, Dr. Bruno, observou que o objetivo é zerar estes atendimentos no município. “Queremos zerar a fila de espera para catarata, pterígio e outros procedimentos oftalmológicos e esse mutirão tem justamente essa proposta, que é alcançar os pacientes com qualidade e agilidade. Nossos agradecimentos Governo do Estado que, mais uma vez tem sido parceiro da nossa administração”, disse.

     

    Mais Lidas