quinta-feira,
16/05/2024
Mais
    InícioDestaqueRODA ACADÊMICA DA ASL

    RODA ACADÊMICA DA ASL

    Luiz Alexandre de Oliveira é o imortal da Roda Acadêmica da ASL do mês de julho: o acadêmico deixou para Campo Grande um legado de fé na vida

    Pobre, quase cego e negro, que construiu sua vida investindo na educação e na carreira jurídica, Luiz Alexandre de Oliveira – cujo fruto de seu trabalho beneficiou pessoas e instituicões como a Santa Casa e a Colônia Japonesa – é o acadêmico saudoso que será homenageado na Roda Acadêmica deste mês da Academia Sul-Mato-Grossense de Letras nesta quinta-feira, dia 27, às 19h30min, em atividade presencial no auditório da sede da instituição, na avenida 14 de julho, 4653, nos Altos do São Francisco – com entrada franca.

    Personagem que deixou para Campo Grande um legado de fé na vida, Luiz Alexandre de Oliveira é imortal que ocupou a cadeira 25 da Academia Sul-Mato-Grossense de Letras. A Roda Acadêmica com as leituras e conversas sobre o escritor terá apresentação dos acadêmicos Lenilde Ramos, Elizabeth Fonseca e Marcos Estevão; haverá participação especial de Celso Higa, do IHGMS – Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso do Sul.

    Essa quinta-feira marca também a primeira participação da Confraria Sociartista nas atividades mensais da ASL, com o projeto “Arte na Academia”, que irá realizar exposições de artes visuais nas Rodas e Chás Acadêmicos. Haverá também o projeto “Música Erudita e suas Fronteiras”, realizado em parceria pelas ASL e Universidade Federal de Mato Grosso do Sul dentro do projeto “Movimento Concerto”.

    A exposição da Confraria Sociartista irá abordar a produção de dois de seus integrantes, os artistas Fernando Anghinoni e Antonio Lima, e o tema será “Dois olhares sobre a arquitetura de Campo Grande”, com obras criadas voltadas ao tema; o objetivo do “Arte na Academia” é incentivar e expor diversas formas de expressão artística, com muita sensibilidade estética e criatividade.

    O reconhecido projeto Movimento Concerto, da UFMS, com sua vertente “Música Erudita e suas Fronteiras” – realizado em parceria pelas ASL e Universidade Federal de Mato Grosso do Sul – terá apresentação abordando a Música Clássica Nacionalista Espanhola. A participação será dos irmãos Manhães – Artur Rzigoski Manhães e Elias Rzigoski Manhães, que participaram esse ano do festival internacional de violão na Universidade Federal. O repertório terá Issac Albéniz (Asturias, da Suíte espanhola, op. 47 e Sevilla, da Suíte espanhola, op. 47) e Elias Manhães Manuel de Falla, dança espanhola n 1, La vida breve.

    Participantes desta Roda, os imortais Lenilde Ramos, Elizabeth Fonseca e Marcos Estevão analisaram e estudaram por semanas a vida e obra de Luiz Alexandre de Oliveira para apresentação de sua trajetória de vida e sua importância na ASL. Realizados no auditório da ASL, na rua 14 de julho, 4653, os Chás Acadêmicos e as Rodas Acadêmicas de 2023 têm suas apresentações de março a novembro, sempre nas últimas quintas-feiras de cada mês. A Academia Sul-mato-grossense de Letras – a mais alta e representativa entidade literária estadual –, no próximo mês de outubro, comemorará 53 anos de fundação.

    Serviço – Roda Acadêmico da ASL

    “Luiz Alexandre de Oliveira” – Dia 27 de abril de 2023, às 19h30

    (Com os projetos “Música Erudita e suas Fronteiras”, com a UFMS; e “Arte da Academia”, com a Confraria Sociartista)

     

    Mais Lidas