DestaqueEsporteGuaíraNotíciasOutros DestaquesVariedades

Moradora de Guaíra garante vaga na seleção brasileira de ultramaratonistas

A moradora de Guaíra, Silvia de Carvalho Tristão, conquistou no domingo (20 de junho), a última vaga para o mundial de ultramaratona na Romênia. A atleta venceu a prova de 24 horas, da cidade de Caieiras, em São Paulo.

 

Foram 254 voltas, 188 quilômetros percorridos até a vitória. Silvia será um dos membros da seleção brasileira, garantindo o espaço com o terceiro melhor tempo feminino. No mundial, que acontece em Outubro, na Romênia, O Brasil será representado por 12 atletas: 6 homens e 6 mulheres.

 

Serão 24 horas de corrida, a equipe que fizer a maior quilometragem, vence. “Lá estarão os melhores dos melhores de cada País”, explica a corredora. “Que o esporte possa trazer a alegria que o nosso País tanto precisa”, completa.

 

A corrida de Caieiras estava na programação de ultramaratonas, assim como ela, muitas provas sofreram alterações no calendário por conta da pandemia. Era para ter acontecido em fevereiro, foi adiada para junho. Silvia escolheu essa prova, por conta da distância, é a que ficava mais próxima dela. “O grupo dos ultramaratonistas se programa no ano e escolhe algumas, essa foi minha opção, pois ficava mais perto de mim”, destaca.

 

A ultramaratonista dominou praticamente toda a prova. “É preciso manter a calma e o foco durante o percurso. O que me deu muita força foi pensar e recordar os bons momentos com a minha família”, explana.

 

O caminho até a seleção
A atleta corre há mais de 10 anos. Começou com uma corrida de cinco quilômetros, em Guaíra, com o incentivo de uma amiga. Essa foi a sua primeira, de muitas vitórias. Hoje ela não sabe nem dizer a quantidade de títulos que ganhou.

 

Depois das corridas curtas, foi para as meias maratonas, ela fez todo o calendário. Já foi campeã paranaense nessa modalidade. Em seguida foi para as maratonas, provas de 42 quilômetros, em média.

 

Já com experiência nas corridas de rua, pegou gosto pelas ultras. Em Campinas (SP), em 2019, já havia sido convocada pelo índice. Também venceu corridas de 24 horas no Rio de Janeiro (RJ), Manaus (AM) e Toledo (PR).

 

Formada em Educação Física, Silvia sempre gostou de esporte, desde adolescente, na época da escola, jogava vôlei, corria muito nos treinos e já sentia que tinha potencial. “Lembro bem dos treinos do professor Daniel, fazia a gente dar várias voltas na quadra”, conta.

 

Fonte: Ponto da Notícia
Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar