domingo,
25/02/2024
Mais
    InícioNotíciasCidadesGastos da Câmara de Bataguassu com diárias já ultrapassa R$ 135 Mil...

    Gastos da Câmara de Bataguassu com diárias já ultrapassa R$ 135 Mil e vereadores acumulam duas viagens a Brasília em 60 dias

    Em plena pandemia, alguns vereadores da Câmara Municipal de Bataguassu têm dado continuidade às viagens e realizando altos gastos com diárias.

    Conforme mostra o portal da transparência, em pouco mais de 90 dias do início dos trabalhos do legislativo municipal, a casa já arcou com mais de R$ 130 mil em pagamentos de diárias aos parlamentares.

    Este valor foi gasto somente em curto espaço de tempo, entre os meses de fevereiro e abril, com diárias pagas em viagens dos vereadores que, mesmo em tempos de pandemia, realizam diversas viagens para Campo Grande e também duas idas a Brasília (DF), em um curto período de60 dias.

    A grande maioria das reuniões e sessões dos deputados tem acorrido através de vídeo conferência, onde demandas e votações importantes são deliberadas de forma não presencial. No entanto, os vereadores bataguassuenses continuam a realizar essas reuniões de forma presencial, trazendo gastos desnecessários ao erário, através de viagens, hospedagens e alimentação.

    Atualmente seis vereadores se encontram cumprindo agenda em Brasília (DF), já outros dois na cidade de Campo Grande, ficando de fora apenas os vereadores Dr. Éder e Eliane, que desde o começo dos trabalhos do legislativo não usufruíram de diárias.

    Encontra-se em Brasília os vereadores Maurício do XV, Renatinho, Enivaldo Marques, Jaime Aragão, César Martins e Nivaldo Reis, estes empenharam os pedidos de diárias no valor de R$ 5.854,80, já Cleyton do XV e André Bezerra participam de um curso na cidade de Campo Grande e empenharam um pedido de R$ 2.195,55 em diárias. Somente em abril os valores já ultrapassaram o montante de mais de R$ 57 mil.

    VALORES GASTOS COM AS DIÁRIAS

    Somente entre os meses de fevereiro e abril, a câmara de Bataguassu já desembolsou um montante de R$ 135.392,25 mil em diárias, valor que daria, por exemplo, para realizar a compra de testes da Covid-19 ou até mesmo aplicado na compra de outros investimentos da saúde, inclusive de medicamentos, pauta que foi bastante criticada pelos vereadores durante discurso na tribuna.

    O valor do duodécimo repassado mensalmente para a câmara de Bataguassu em 2021 é de R$ 400 mil, valor que é utilizado no custeio das despesas do legislativo.

     

    Fonte: Dahorabataguassu

    Mais Lidas