DestaqueMundo NovoNotíciasOutros DestaquesPolíticaVariedades

Mundo Novo se destaca e ocupa 3º lugar em MS no Índice de Desenvolvimento Sustentável

Os critérios de avaliação envolve vários trabalhos desenvolvidos no município, até dentro das áreas de Educação, Saúde, Infraestrutura, Finanças e em destaque Meio Ambiente

O IDSC (Índice de Desenvolvimento Sustentável das Cidades) é uma iniciativa do Instituto Cidades Sustentáveis, no âmbito Programa Cidades Sustentáveis, em parceria com outras instituições.

Esta ferramenta têm como objetivo estimular as cidades a cumprir os ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável), sendo 17 objetivos. O índice atribui para cada município, uma pontuação específica por objetivo (de 0 à 100), e outra a pontuação final de classificação das cidades, para o conjunto dos 17 ODS. Estes índices apresentam uma avaliação dos progressos e desafios dos municípios.

São 770 municípios brasileiros que são avaliados. Mundo Novo ocupou o 399º lugar na classificação geral, e em terceiro lugar no estado do Mato Grosso do Sul. Os critérios de avaliação envolve vários trabalhos desenvolvidos no município, até dentro das áreas de Educação, Saúde, Infraestrutura, Finanças e em destaque Meio Ambiente.

A agenda 2030, assinado por autoridades dos 193 Estados-membros da Organização das Nações Unidas (ONU), incluindo o Brasil, têm o propósito de promover a prosperidade econômica, desenvolvimento social e proteção ambiental. E isso requer participação ativa dos governos, sociedade civil e setor privado.

O Governo de Mundo Novo, em parceira com a Itaipu Binacional e Conselho dos Municípios Lindeiros, já implantou vários programas de cunho sustentável no município. Dentre novos projetos, a implantação da UVR (Unidade de Valorização de Recicláveis) está em andamento na cidade.

Confira alguns dos trabalhos desenvolvidos:

– Coleta Seletiva;
– Lixo Eletrônico;
– Escola Flores;
– Recuperação de Nascentes;
– Plantio de Mudas;
– Receitas Saudáveis (aproveitamento total dos alimentos);
– Adote sua caneca (substituição dos copos de plástico);
– Corrente do bem;
– Hortas Comunitárias;
– Implantação de Cisternas;
– Oficina de Grafite;
– Limpeza dos Rios (Paraná e Iguatemi);
– Levantamento de curva de nível;
– Cascalhamento das estrada

Fonte: Carina Yano, SEMCOS – Mundo Novo

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar