quarta-feira,
12/06/2024
Mais
    InícioDestaqueAo ser presa por homicídio mulher disse que matou por ter sido...

    Ao ser presa por homicídio mulher disse que matou por ter sido agredida

    Andreia Lopes da Silva de 37 anos, foi presa em flagrante, acusada de assassinar o namorado Alberto dos Santos, de 44 anos. O crime aconteceu na madrugada de ontem (25), na cidade de Iguatemi.

    Segundo informações, Alberto estava em casa, quando por volta das 2h da manhã, foi até uma casa que fica de frente a casa dele, do outro lado da rua e passou a ingerir bebidas juntamente com mais 04 pessoas que estavam na residência.

    Em determinado momento, Andreia chegou ao local e começou discutir com Alberto. Ela e ele saíram discutindo da casa e foram para a rua. Durante a discussão, Andreia desferiu um golpe de faca na altura da clavícula do lado esquerdo de Alberto.

    Ferido, ele ainda conseguiu caminhar até de frente a sua casa, aonde veio a cair no chão vindo a óbito no local.

    Andreia fugiu do local, mas foi localizada pela polícia civil por volta das 11h da manhã de ontem (25). Ao ser detida, ela confessou o crime e disse que agiu por vingança, porque havia sofrido agressões físicas por parte de Alberto e que então foi até onde a mesmo estava decidida a matar ele.

    Ela foi autuada e responderá por homicídio simples.

     

     

    Fonte: Jornal do Conesul

    Mais Lidas