DestaqueVariedades

OS CONTROVERSOS E OBSCUROS LEGADOS DO PAPA FRANCISCO E BENTO XVI

Biografia inspirada no filme Dois Papas revela lado B dos sacerdotes

Com três indicações ao Oscar, o filme Dois Papas, produzido pela Netflix, recebeu, ainda, uma adaptação escrita, onde o roteirista Anthony McCarten compilou todas as informações apuradas para a produção cinematográfica da plataforma de streaming.

A biografia do Papa Francisco e do Bento XVI retrata as contradições envolvendo os dois católicos. Segundo Anthony McCarten, Bento XVI teria relevado denúncias de abusos sexuais envolvendo um padre da Igreja Católica. Já Francisco, teria contribuído com a ditadura militar argentina.

De acordo com McCarten, o atual papa participou do sequestro de dois jesuítas, além de saber das práticas de torturas contra recém-nascidos. No filme, ele não explora a fundo este lado, pois segundo ele, há certos limites de filmagem, fato que aborda na biografia.

Sua inspiração e desejo de investigar os papas mais conhecidos da História surgiu durante uma missa realizada pelo cardeal Franciso, em 2013. Em um primeiro momento, o roteirista quis criar uma obra voltada para a renúncia de Bento XVI. No entanto, ao investigar a fundo a Igreja Católica, decidiu expor as atitudes controversas envolvendo os dois sacerdotes.

Criticado pelo clero, McCarten parece não se incomodar com as falsas acusações e represálias. Segundo o autor, sua obra instiga as pessoas a conhecerem um lado obscuro da religião. Além disso, expõe de forma simples e didática as fortes personalidades dessas duas figuras religiosas.

+Saiba mais sobre o tema por meio de grandes obras:

Dois Papas: Francisco, Bento e a decisão que abalou o mundo, de Anthony McCarten (2019) – https://amzn.to/38kjgAk

 

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar