DestaqueVariedades

SEM AS CONDIÇÕES MÍNIMAS DE TRÁFEGO, RODOVIA ENTRE PORTO CAMARGO E NAVIRAÍ PEDE SOCORRO

Moradores também reclamam sobre o péssimo estado de conservação da rodovia que liga os dois estados

É preciso atuação, firme e decisiva, da classe política de MS, para que o trecho de 43 quilômetros, entre Porto Camargo e Naviraí, possa ter melhores condições de trafegabilidade. Chega a ser crítico o estado de conservação da estrada, pelos buracos existentes, e sem a presença do Estado, que possa garantir o mínimo para os usuários, que seria uma urgente AÇÃO DE TAPA-BURACOS.

Moradores também reclamam sobre o péssimo estado de conservação da rodovia que liga os dois estados, e que não tem recebido a devida atenção das autoridades do DNIT para minorar a situação caótica ali verificada. Abdo Salen, líder comunitário de Naviraí, tem feito algumas reclamações aos setores competentes, e obteve do deputado Beto Pereira a palavra-compromisso, de que na próxima semana, estará encaminhando expediente ao Ministério da Infraestrutura, para que “medidas saneadoras” sejam colocadas em prática, no sentido de atender à reivindicação.

Com a presença do presidente Jair Bolsonaro em Dourados, por ocasião da entrega do complexo industrial da COAMO, cuja sede fica na cidade de Campo Mourão, nem mesmo os dirigentes dessa conceituada Empresa paranaense, poderão utilizar o trecho da BR-487 para o ato inaugural na segunda-feira, pela absoluta falta de trafegabilidade entre Porto Camargo e Naviraí.

É hora, portanto, com a instalação da maior esmagadora de soja da América Latina, e contando com a presença do presidente da República, reivindicar que os serviços sejam realizados com o máximo de brevidade, para que os dois estados fiquem integrados na região, através da rodovia, que jamais deveria permanecer no estado de abandono, como se encontra atualmente.

24.11.2019 – Jairo De Lima Alves – Jornalista
(TRIBUNA DO POVO – MUNDO NOVO, MS)

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar