DestaqueNotíciasPolítica

Gilmar Mendes ataca Sérgio Moro e o classifica como torturador

O ministro do STF teceu críticas a Moro e a operação Lava Jato durante seu voto no STF

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, teceu críticas ao ministro da Justiça Sérgio Moro, calcadas nas mensagens vazadas pelo site ‘The Intercept Brasil’, de forma muito semelhante às críticas do novo PGR Augusto Aras.

“Hoje se sabe de maneira muito clara, e o (caso) Intercept está aí para provar, que usava-se prisão provisória como elemento de tortura. Custa-me dizer isto no plenário. E quem defende tortura não pode ter assento nesta Corte constitucional”, declarou o ministro durante a votação que pode anular condenações da Lava Jato.

“O uso da prisão provisória era com essa finalidade. E isto aparece hoje. Feitas por gente como Dallagnol. Feitas por gente como Moro. É preciso que se saiba disso. O Brasil viveu uma fase de trevas. O resumo é: ninguém pode combater crime cometendo crime”, completou.

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar