NotíciasOutros DestaquesPolítica

Dione deixa cargo no Governo após nomeação do marido no Detran-MS

Política deixa função de coordenadora regional da gestão Azambuja

A ex-deputada estadual Dione Hashioka (PSDB) pediu exoneração do cargo que ocupava no governo de MidiaReinaldo Azambuja (PSDB), logo após o marido, o ex-prefieto de Nova Andradina, Roberto Hashioka (PSDB), ser nomeado novo diretor-presidente do Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito).

Dione exercia função de coordenadora regional do governo tucano, e tinha um salário de pouco mais de R$ 17 mil. Ela foi nomeada para o cargo em fevereiro de 2015 e sua exoneração é válida desde o dia 1º de setembro, mesmo dia em que seu marido tomou posse no Detran.

A reportagem procurou a ex-deputada para comentar seu pedido de exoneração. Ela não comentou o assunto e disse que havia explicitado o motivo de sua saída do governo de Reinaldo em um post no Facebook.

Todavia, nos três perfis que a ex-primeira-dama de Nova Andradina mantém na rede social não há nenhuma menção ao assunto.

Dione Hashioka foi deputada entre os anos de 2007 a 2015, por dois mandatos, ambos eleita pelo PSDB. Roberto Hashioka foi o nome escolhido pelo governador Reinaldo Azambuja para substituir Gerson Claro (PSB) à frente do Detran, após os desdobramentos da Operação Antivírus.

 

 

MidiaMax

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar