DestaqueNotíciasPolítica

Vereador Gessé acompanha feirantes para reivindicar apoio a Feira do Produtor

O vereador Gessé Ferreira, Pros, esteve acompanhado lideranças da Associação de Hortifrutigranjeiros de Mundo Novo na manhã de terça-feira (22) na Prefeitura, para manifestação do descontentamento dos produtores, que podem ser prejudicados pela rescisão contratual do aluguel do prédio que utilizam para comercialização dos produtos da agricultura familiar.

O acordo com o Executivo são de duas décadas, com apoio a Feira do Produtor em contribuir nos valores de aluguel.  Por um período comercializavam em um amplo espaço cedido pelo município, construído exclusivo para comercialização dos produtos, atualmente está sendo utilizado pelo Centro de Qualificação Social, prédio fundos da Prefeitura. A preferência por não permanecer no espaço próprio, foi a queda das vendas na época, e comprometimento do município em custear o aluguel em local comercialmente rentável.

A comitiva foi recepcionada pela vice-prefeita, Rosária Andrade, PMB e Secretário de Agricultura Geraldo Jerônimo Lopes, que argumentou o período de cortes de gastos, por conta da arrecadação do município que diminui.  A equipe Administrava, está revendo os contratos cuidadosamente, buscando a renegociação, igualmente com as demais locações.

Rosária, comentou da comprometimento com os produtores, relatando o projeto de espaço definitivo e adequado para abrigar os feirantes de domingo da Avenida Brasil e da Feira do Produtor. “Alternativas estão sendo feitas para manter o apoio aos feirantes, viabilizando um outro espaço que os contemplem, e que possa ser viável financeiramente ao Executivo”,disse.

O presidente da Associação de Hortifrutigranjeiros, Antônio Manuel, por sua vez disse da importância do apoio do município, sendo para algumas famílias a principal fonte de renda.

O vereador Gessé ferreira, que é presidente do Legislativo, foi pontual ao dizer que ação do Executivo em diminuir o custeio da máquina pública, com cortes até é compreensível; porém aos produtores que estão lá as quartas e sextas-feiras, arrecadando-se pouco, tendo que ser compartilhado com custeio do incremento para o cultivo e os compromissos familiar. “O município precisa repensar e cuidar dessa gente que há anos cultiva a esperança de dias melhores” finalizou o vereador.

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar