NotíciasOutros Destaques

Massacre de guerra batizou Dia das Crianças no Paraguai, sempre em 16 de agosto

O Dia das Crianças é comemorado em 12 de outubro no Brasil, e é uma data que remete ao amor e à inocência dos pequenos. Mas no nosso vizinho Paraguai, a história é bem diferente.

Por lá, nesta quarta-feira, dia 16 de agosto, é comemorado o Dia das Crianças, ou o Día del Niño Paraguayo, em alusão a um episódio sangrento: a Batalha de Campo Grande, também conhecida como Batalha Acosta Ñu ou de Los Niños.

Em 16 de agosto de 1869, em plena Guerra do Paraguai, um exército composto por 500 soldados veteranos e cerca de 3,5 mil crianças e adolescentes paraguaios enfrentaram o exército invasor de cerca de 20 mil soldados, a maioria brasileiros.

Muitas das crianças tinham entre 10 e 12 anos, mas segundo relatos históricos, algumas eram bem menores, talvez com 6 ou 7 anos de idade.

Conta-se que as crianças estavam revoltadas com as injustiças cometidas na guerra, que durou de 1864 a 1870 e teve o Brasil como país vitorioso. Com barbas postiças e os rostos pintados para parecerem mais velhos, foram dizimados em um campo posteriormente queimado por Conde D’Eu, membro da família de Dom Pedro.

Hoje, as crianças de Acosta Ñu são lembradas como exemplo de heroísmo para o país, e batizaram a data. A guerra estava quase terminada. Porém, o episódio é pouco conhecido dos brasileiros hoje.

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar