sexta-feira,
17/05/2024
Mais
    InícioNotíciasCasamento de filha de ministro da Saúde é um fiasco

    Casamento de filha de ministro da Saúde é um fiasco

    A noiva foi escoltada na porta da igreja para que não levasse mais ovo

    A noiva foi escoltada na porta da igreja para que não levasse mais ovoFoto: G1 Paraná|Reprodução

    O clima foi de confronto com a PM e protesto no casamento da deputada estadual do Paraná, Maria Victoria (PP),  na noite da sexta (24).  A noiva, que é é filha da vice-governadora Cida Borghetti e do ministro da Saúde, Ricardo Barros, entrou e saiu da Igreja do Rosário, no centro de Curtiba escoltada, enquanto manifestantes jogavam ovos e protestavam com cartazes. e gritos.

    Forte escolta policial para conter a multidão no casamento da deputada Maria Victoria, filha do ministroFoto: Forte escolta policial para conter a multidão no casamento da deputada Maria Victoria, filha do ministro Créditos: G1 Paraná|Reprodução

    Após a saída dos convidados da Igreja do Rosário, houve momentos de tensão em frente ao Palácio Garibaldi, onde ocorreu a recepção aos convidados. Policiais militares usaram cassetetes, balas de borracha e bombas de gás contra os manifestantes, que, por sua vez, jogaram pedras e xingaram os policiais. Muitos convidados, que seguiram a pé até a recepção foram alvejados por ovos, inclusive os pais da noiva.

    Manifestantes fizeram cartazes contra a noiva e deputada, filha do ministroFoto: Manifestantes fizeram cartazes contra a noiva e deputada, filha do ministro
    Créditos: G1 Paraná|Reprodução

    Os que protestavam, gritavam palavras de ordem, contra os políticos presentes. O local da festa, o Palácio Garibaldi, inclusive, foi alvo de uma polêmica durante a semana. Para a recepção dos convidados, a organização mandou construir uma estrutura metálica em frente ao patrimônio ácio  é tombado. A montagem não havida tido autorização dos órgãos que acompanham a situação de prédios Após uma vistoria, a Secretaria de Cultura do Estado, liberou o espaço para a festa, mas disse que deve multar a Associação Giuseppe Garibaldi.

    A turma tirou onda nos cartazes improvisadosFoto: A turma tirou onda nos cartazes improvisados
    Créditos: G1 Paraná|Reprodução

     

    Mais Lidas