DestaqueVariedades

A Cura do Filho do Nobre de Cafarnaum – Jesus opera o Milagre à distância

Após purificar o Templo e conversar com Nicodemos, Jesus retornou à Galileia, passando por Samaria, onde falou com uma mulher no Poço de Jacó, na fonte, em Sicar. Dali, o mestre foi a Caná, onde realizou o Seu primeiro milagre, convertendo água em vinho. Jesus encontrou um nobre de Cafarnaum nesse lugar, que implorou ao Redentor que curasse o seu filho enfermo

Segunda vez foi Jesus a Caná da Galileia, onde da água fizera vinho. E havia ali um nobre, cujo filho estava enfermo em Cafarnaum. Ouvindo este que Jesus vinha da Judeia para a Galileia, foi ter com Ele, e rogou-lhe que descesse, e curasse o seu filho, porque já estava à morte. Então, Jesus lhe disse: Se não virdes sinais e milagres, não crereis. Disse-lhe o nobre: Senhor, desce, antes que meu filho morra. Disse-lhe Jesus: Vai, o teu filho vive. E o homem creu na palavra que Jesus lhe disse, e partiu. E descendo ele logo, saíram-lhe ao encontro os seus servos, e lhe anunciaram, dizendo: O teu filho vive. Perguntou-lhes, pois, a que hora se achara melhor. E disseram-lhe: Ontem às sete horas a febre o deixou. Entendeu, pois, o pai que era aquela hora a mesma em que Jesus lhe disse: O teu filho vive; e creu ele, e toda a sua casa.

Após alguns dias em Samaria, Jesus vai para sua terra. Ele realizou uma grande obra de pregação na Judeia, mas não está voltando à Galileia para descansar. Em vez disso, Ele começa um ministério ainda maior na região onde cresceu. Talvez Jesus não espere ser bem recebido, pois ele havia dito: “Um profeta não recebe honra na sua própria terra.”  Em vez de ficarem com Ele, Seus discípulos voltam para casa, para suas famílias e para suas antigas profissões. Jesus anunciava: “O Reino de Deus está próximo. Arrependam-se e tenham fé nas boas novas.” Muitos galileus recebem bem a Jesus e lhe dão honra, não só por causa de sua mensagem, mas porque alguns deles estavam na páscoa em Jerusalém poucos meses antes e viram os impressionantes sinais que Jesus realizou. Dessa vez, Jesus fica sabendo que um jovem está muito doente, quase morrendo. Ele é filho de um funcionário do rei Herodes Antipas, o rei que mais tarde mandou decapitar João Batista. Esse funcionário ouve dizer que Jesus veio da Judeia para Caná. Então ele sai de sua terra natal, em Cafarnaum, e viaja a Caná para encontrar Jesus. Muito triste, o funcionário lhe diz: “Senhor, venha antes que meu filhinho morra.” A resposta de Jesus deixa o homem maravilhado: “pode ir; seu filho está vivo.” O funcionário de Herodes acredita em Jesus e vai embora para sua cidade. No caminho, ele encontra seus escravos ansiosos para lhe dar a boa notícia de que seu filho está vivo e passa bem. ‘A que hora ele melhorou?’, pergunta o homem, tentando entender o que aconteceu. Eles respondem: “A febre o deixou ontem, à sétima hora.” Depois disso, esse homem muito rico, sua família e todos os seus escravos se tornam discípulos de Jesus.

Assim, Jesus realiza dois milagres em Caná: transforma água em vinho e cura um rapaz à distância de uns 25 quilômetros. É claro que esses não são os únicos milagres que Ele realiza. Mas esse segundo milagre em Caná é importante porque indica o momento de Sua volta à Galileia. Sem dúvida, Ele é um profeta aprovado por Deus. Isso ficaria claro quando Jesus voltasse para Sua casa, em Nazaré.

 

 

 

 

 

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar