DestaqueVariedades

Eliseu e a cura de Naamã, o General Sírio

O profeta Eliseu, que profetizou durante os reinados de Jeorão, Jeú, Jeoacaz e Joás, operou muitos milagres em sua Terra. Graças a isso, o povo soube que era verdadeiramente um profeta de Deus. Um de seus grandes milagres envolveu um general sírio, de nome Naamã, que foi acometido de lepra, e veio a israel em busca de cura para o seu mal.

A senhora é síria. O marido dela é Naamã, chefe do exército sírio. Os sírios haviam roubado esta menina israelita e levado à esposa de Naamã, para ser serva dela. Naamã tinha uma grave doença chamada lepra. Esta faz até a carne da pessoa cair. Por isso, a menina disse à esposa de Naamã: ‘Eu gostaria que meu senhor fosse ao profeta de Jeová, em Israel. Ele o curaria da lepra.’ Mais tarde, isso é contado ao marido desta senhora. Naamã queria muito ser curado; por isso decidiu ir a Israel. Chegando lá, foi à casa de Eliseu. Este mandou seu servo ir dizer a Naamã que mergulhasse sete vezes no rio Jordão. Naamã ficou zangado, dizendo: ‘Os rios lá na minha terra são melhores do que qualquer rio em Israel!’ Com isso, Naamã foi embora.

Mas um dos seus servos disse-lhe: ‘Senhor, se Eliseu lhe tivesse mandado fazer algo difícil, certamente o faria. Então, por que não vai só banhar-se, como ele disse?’ Naamã escutou e foi mergulhar sete vezes no rio Jordão. Assim que fez isso, sua carne ficou firme e sã. Naamã ficou muito feliz. Voltou a Eliseu e disse-lhe: ‘Agora sei que o Deus de Israel é o único Deus verdadeiro em toda a Terra. Por favor, aceite este presente.’ Mas Eliseu respondeu: ‘Não, não vou aceitá-lo.’ Eliseu sabia que era errado aceitar o presente, porque foi Deus quem curou Naamã. Mas Geazi, servo de Eliseu, queria o presente para si mesmo. Geazi fez o seguinte. Após a partida de Naamã, correu atrás dele. ‘Eliseu mandou-me dizer-lhe que aceitaria seu presente para amigos que acabam de chegar’, disse Geazi. Isso era uma mentira. Mas Naamã não sabia que era mentira; por isso, entregou a Geazi algumas das coisas. Quando Geazi voltou para casa, Eliseu já sabia o que ele tinha feito. Deus o tinha avisado. Por isso, ele disse: ‘Porque você fez esta maldade, vai ter a lepra de Naamã.’ E assim aconteceu.

O Chamado de Eliseu –  Elias se apressou em nomear Eliseu no caminho entre o Sinai e Damasco. Elias encontrou o jovem e forte Eliseu lavrando com doze juntas de bois adiante dele. Elias passou por ele e lançou o seu manto sobre ele. Era um gesto simbólico, imediatamente compreendido por Eliseu: ele seria o sucessor de Elias, que já havia passado adiante e seguia o seu caminho. Sua submissão foi imediata: correu após Elias, sem discutir condições, pedindo apenas oportunidade para despedir-se dos pais, o que Elias lhe concedeu. Elias estava com pressa de deixar o cargo, mas Eliseu não estava preparado ainda. Era necessário tempo para aprendizagem e durante sete ou oito anos Eliseu foi assistente de Elias, prazo em que houve silêncio sobre os dois nas crônicas bíblicas. O relacionamento de Eliseu com Elias era de servo, descrito ao rei Jeosafá, depois que Elias se fora, como “derramar água sobre as mãos de Elias”. A humildade, apego e submissão de Eliseu ao seu mestre não podiam ser descritas de maneira mais clara e abreviada, convencendo Jeosafá a ir procurá-lo para resolver um problema sério, certo de que a palavra do Senhor estava com ele.

 

 

 

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar