DestaqueVariedades

A última Batalha de Saul – O rei de Israel comete suicídio

Aconteceu que, em combate com os filisteus, os israelitas foram postos em fuga e muitos caíram mortos no monte Gilboa. Os filisteus perseguiram Saul e seus filhos e mataram Jônatas, Abinadabe e Malquisua, filhos de Saul. O combate foi ficando cada vez mais violento em torno de Saul, até que os flecheiros o alcançaram e o feriram gravemente. Então, Saul ordenou ao seu escudeiro: “Tire sua espada e mate-me com ela, senão sofrerei a vergonha de cair nas mãos desses incircuncisos”. Mas seu escudeiro estava apavorado e não quis fazê-lo. Saul, então, pegou sua própria espada e jogou-se sobre ela.

Quando o escudeiro viu que Saul estava morto, jogou-se também sobre sua espada e morreu com ele. Assim foi que Saul, seus três filhos, seu escudeiro e todos os seus soldados morreram naquele dia. Quando os israelitas que habitavam do outro lado do vale e a leste do Jordão viram que o exército tinha fugido e que Saul e seus filhos estavam mortos, fugiram, abandonando suas cidades. Depois os filisteus foram ocupá-las. No dia seguinte, quando os filisteus foram saquear os mortos, encontraram Saul e seus três filhos caídos no monte Gilboa. Cortaram a cabeça de Saul, pegaram suas armas e enviaram mensageiros por toda a terra dos filisteus para proclamar a notícia nos templos de seus ídolos e no meio do seu povo. Expuseram as armas de Saul no templo de Astarote e penduraram seu corpo no muro de Bete-Seã.

Quando os habitantes de Jabes-Gileade ficaram sabendo o que os filisteus tinham feito com Saul, os mais corajosos dentre eles foram durante a noite a Bete-Seã. Baixaram os corpos de Saul e de seus filhos do muro de Bete-Seã e os levaram para Jabes, onde os queimaram. Depois enterraram seus ossos debaixo de uma tamargueira em Jabes e jejuaram durante sete dias.

Alguns estudiosos do assunto, consideram a narrativa de Samuel como uma história suplementar. Saul teria tentado o suicídio, jogando-se sobre a espada, mas ainda não estava morto quando o amalequita chegou e completou a obra, matando-o. O término da narrativa de Samuel conclui que o amalequita, pegou a coroa e o bracelete do rei Saul e levou até o rei Davi, como prova do fato. Davi entretanto puniu o assassino com a morte, sem piedade. A Bíblia Cristã faz pelo menos cinco registros sobre os casos de suicídio. Deus não aprovou nenhum deles, como Abimeleque; Zinri, Aitofel e Judas, aquele que traiu o mestre Jesus. O suicídio é uma tentativa de usurpar a soberania de Deus sobre a vida humana. Não é bem visto pelo Deus Todo-Poderso.

Saul morreu em batalha, no monte de Gilboa, estando essa cadeia de montes aproximadamente 19 quilômetros ao sul do mar da Galileia. Bete-Sei, o local onde foi afixado o corpo de Saul ficava na extremidade oriental dos montes. Em-Dor ficava a poucos quilômetros de distância ao norte de Gilboa.

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar