DestaqueVariedades

Davi e Golias – A luta pela soberania de Israel

Os filisteus foram novamente lutar contra Israel. Os três irmãos mais velhos de Davi estavam no exército de Saul. Certo dia, Jessé disse a Davi: ‘Leve cereais e pão aos seus irmãos. É bom ver como eles estão passando.’ Chegando ao acampamento do Exército, Davi correu até à linha de batalha para procurar seus irmãos. O gigante filisteu Golias apareceu para zombar dos israelitas, repetindo isso cada manhã e cada tardinha, por quarenta dias seguidos. Ele provocou: ‘Escolham um homem para lutar comigo. Se ele vencer e me matar, seremos seus escravos. Mas, se eu vencer e o matar, vocês serão nossos escravos. Desafio vocês a escolherem alguém para lutar comigo.’

Davi perguntou aos soldados: ‘O que ganhará o homem que matar este filisteu e livrar Israel da vergonha?’ ‘Saul dará ao homem muitas riquezas’, disse um soldado. ‘E ele lhe dará sua filha em casamento.’ Mas todos os israelitas estavam com medo de Golias porque ele era muito grande. Tinha uns 3 metros de altura, e tinha outro soldado para carregar-lhe o escudo.

Alguns soldados foram contar ao rei Saul que Davi queria lutar contra Golias. Mas Saul disse a Davi: ‘Não pode lutar contra este filisteu. Você é apenas rapaz, e ele foi soldado durante toda a vida.’ Davi respondeu: ‘Matei um urso e um leão que haviam levado ovelhas de meu pai. E este filisteu será como um deles. Deus me ajudará.’ Saul disse então: ‘Vá, e Deus estará com você.’

Davi desceu a um riacho para apanhar cinco pedras lisas, que pôs na sua bolsa. Depois tomou a funda e foi ao encontro do gigante. Vendo-o Golias, quase não acreditou. Achou que era fácil matar Davi. ‘Venha para cá’, disse Golias, ‘e eu vou dar seu cadáver às aves e aos animais’. Mas Davi disse: ‘Você vem a mim com espada, lança e dardo, mas eu o enfrento no nome do Deus de meu coração. Hoje, Deus entregará você na minha mão e eu o golpearei.’ Então, Davi correu em direção a Golias. Tirou uma pedra da bolsa, colocou-a na funda e atirou-a com toda a força. A pedra atingiu Golias bem na cabeça, e ele caiu morto. Vendo os filisteus que seu campeão havia caído, todos fugiram. Os israelitas correram atrás deles e venceram a batalha.

Nos últimos anos as escavações arqueológicas em torno do Vale de Ela têm revelado um passado distante e glorioso do Povo de Israel. O Vale de Ela, ou Vale do Terebinto, mais conhecido como o lugar descrito na Biblia em que os israelitas estavam acampados quando Davi lutou contra o gigante Golias. Foi bem perto de Azeca e Socó. No lado oeste do vale, perto de Socó, há uma árvore muito grande e antiga desse, com 55 metros de altura, seu tronco de 17 metrôs de circunferência é uma espécie de Terebinto. A largura de sua sombra tem cerca de 50 metros.

O vale de Ela, ganhou nova importância como um ponto de apoio no argumento de que era Israel era mais do que um bando de tribos naquela época, e sim o reino que passou a ser regido por Davi. Em Khirbet Qeiyafa, a sudoeste de Jerusalém, na região do vale de Elah, o professor Yosef Garfinkel descobriu uma Cidade fortificada da idade do Ferro II datada entre os anos de 1050 e 915 a.C. A descoberta das fortificações foram demonstram provar o relato bíblico de que a região pertencia a Israel durante a Monarquia Unida que se iniciou no começo da segunda era do Ferro.

As pesqueisas arqueológicas em sítios arqueológicos em torno do Vale de Elah estão revelando a veracidade dos relatos bíblicos em relação aos reinos de Davi e Saul. Cidade bíblicas como Azeca, Sucó e Searaim estão localizada sobre as colinas em torno deste vale, na região exata onde Saul e Davi começaram a reinar e as descobertas arqueológicas em Searaim ou seja Shearaim, que estão localizadas em um local conhecido até agora como a Fortaleza de Elah têm revelado que o reino de Davi já havia se expandido até esta região.

 

 

 

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar