DestaqueVariedades

Os Patriarcas da Bíblia Cristã

Os patriarcas da Bíblia Cristã, são: Abraão, Isaque e Jacó, cada um com a sua própria história e características. As pessoas da época de Abraão pensavam que não apenas correto, mas bom casar-se dentro da própria família. Alguns relacionamentos eram complicados, como na família de Abraão, por meio dos tais casamentos.

Abraão e Sara, pais de Isaque. Este casou-se com Rebeca que era sobrinha-neta de Abraão. Isaque foi pai de Esaú e Jacó, netos de Abraão. Jacó foi casado com Leia, que era sua prima. Raquel também era prima de Jacó e esposa do patriarca. Labão era sobrinho-neto de Abraão, e sogro de Jacó, por Rebeca. Naor, que era irmão de Abraão, foi pai de Betuel e Milca, sobrinhos de Abraão.

O nome que as pessoas recebiam tinham um significado muito especial nos tempos antigos da Bíblia Cristã. Assim, Abraão significa “pai de uma grande multidão”. O nome de Jacó significa “enganador”. O nome de Sara tem o significado de “princesa”. Isaque significa “riso”, e assim por diante. Alguns desses nomes acabavam por ser proféticos, como foi o caso de Jacó, que enganou o seu pai Isaque.

Mas Isaque também não era perfeito. Como seu pai Abraão, ele mentiu para Abimeleque, dizendo-lhe que Rebeca era sua irmã em vez de esposa. O favoritismo de Jacó para com Esaú, causou tensão na família e provocou o engano de Jacó. No entanto, pouco antes de sua morte, ele ficou sabendo que seus dois filhos tinham ficado amigos de novo. Então, a reconciliação sempre faz bem às famílias, sendo o perdão um dom divino.

Os Patriarcas, em sua definição mais estrita, eram Abraão, seu filho Isaac e o filho deste, Jacó, que depois mudou seu nome para Israel, o ancestral dos antigos israelitas. Estes três são chamados coletivamente de “patriarcas do judaísmo” e o período no qual viveram é conhecido como era patriarcal. Eles tiveram papéis importantes nas escrituras judaicas durante e depois de suas vidas. Eles são também importantes para revelações e promessas divinas e continuam a ser importantes para as religiões abraâmicas. Tanto o islamismo quanto o judaísmo ensinam que estes patriarcas e suas esposas principais – Sara (esposa de Abraão), Rebeca (esposa de Isaac) e Leia (uma das esposas de Jacó) – estão enterrados no Túmulo dos Patriarcas, em Hebron, um local considerado sagrado por judeus, cristãos e muçulmanos. Apenas Raquel, a esposa preferida de Jacó, estaria enterrada num lugar diferente (o “Túmulo de Raquel”, perto de Belém, onde, acredita-se, teria morrido no parto).Em uma definição mais ampla, “patriarcas” é um termo utilizado para fazer referência aos vinte e quatro ancestrais entre Adão e Abraão. Os primeiros dez são chamados de patriarcas antediluvianos, pois vieram antes do Dilúvio.

 

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Também

Fechar
Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar