DestaquePolítica

Polícia Militar de MS anuncia campanha para melhoria de salários

Segundo a PM, o que se espera é que seja diferente do que ocorreu no estado do Espírito Santo nos últimos 5 dias

Até Abril a Polícia Militar em Mato Grosso do Sul estará em negociação para que sejam analisadas propostas de reajuste salarial. No momento, o âmbito da segurança nacional vive em crise, e conforme noticiado em todo país, o Estado do Espírito Santo já sofreu mais de cinco dias sem a presença da Polícia Militar nas ruas.

Segundo Edmar Soares, presidente da Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar, afirma que não há intenção de se permitir que aconteça em MS o mesmo que está acontecendo no ES. “Queremos dialogar sem prejudicar a população” disse.

Cerca de duas décadas atrás, a PM no Mato Grosso do Sul promoveu a maior de suas greves no estado; foram cinco dias de paralisação em prol a melhoria de condições para a classe. Na época, o piso salarial do policial militar era de R$ 318. Soares relembra que no ano de 2013, o movimento resultou num reajuste de 30%.

Durante encontro nesta semana com a vice-governadora Rose Modesto, Edimar buscou abertura com o Governo para iniciar as negociações salariais da categoria e saber do Executivo, quais são as metas planejadas e o cumprimento do que foi decidido nas últimas negociações.

“A vice-governadora garantiu que vai manter uma política de valorização profissional, em especial em relação ao calendário de cursos. Também se colocou ao nosso lado para discutir melhorias para a classe” disse Edmar

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar