DestaqueRegião

Escuridão vira jogo de empurra e prefeitura tem 60 dias para resolver

Trecho liga Dourados a cidades universitárias

A escuridão na MS-162, também conhecida como Avenida Guaicurus que liga Dourados às cidades universitárias, é assunto antigo de reclamação de moradores e acadêmicos. Palco de obras de duplicação desde o início de 2014, a rodovia virou centro de “jogo de empurra” entre o Governo do Estado e a prefeitura, que a partir de agora tem 60 dias para acabar com a escuridão.

Em março do ano passado, o Ministério Público Estadual já tinha aberto uma investigação para apurar a falta de ação do poder público em relação à falta de iluminação. Na época, segundo o MP, a Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul) fez intervenções para melhorar a iluminação e de fato a escuridão teve fim.

No entanto, o promotor Eteocles Brito Mendonça Dias Júnior afirma que não houve manutenção nas lâmpadas e o risco voltou a fazer parte da vida de universitários e moradores.

A promotoria ressalta, ainda, que a concessionária de energia cobra taxa de iluminação pública, valor que acaba não sendo usado na manutenção do local.

Hoje, em recomendação publicada no diário oficial do MP, o promotor dá prazo de 60 dias para que a prefeitura de Dourados resolva o problema, principalmente no trecho das universidades Federal da Grande Dourados (UFGD) e da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS).

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar