DestaquePolicial

Mais de 10 param na delegacia em MS por espalhar foto de mulher nua pelo WhatsApp

Celulares foram apreendidos

A DAM (Delegacia de Atendimento à Mulher) de Naviraí, cidade a 359 quilômetros de Campo Grande, investiga o caso de fotos íntimas divulgadas em grupos do WhatsApp. Mais de 10 pessoas foram intimadas por suspeita de divulgarem as imagens e mentirem que se tratava de uma moradora do município.

No fim de junho deste ano as fotos começaram a ser espalhadas pelo WhatsApp e as pessoas que divulgavam diziam que se tratava de uma moradora de Naviraí. A vítima procurou a DAM, onde registrou o caso de difamação, investigado pela delegada Sayra Quinteiro Martins Baetz.

A Polícia Civil já investigou mais de 10 pessoas suspeitas de terem feito divulgação das imagens pelo aplicativo. “Celulares foram apreendidos e serão periciados para saber de onde partiram as fotos que foram espalhadas, e que não são da mulher de Naviraí”, afirmou a delegada.

Os indiciados irão responder judicialmente pelo crime de difamação. A moradora de Naviraí pode entrar com uma ação por danos morais e ingressar com uma queixa-crime contra quem iniciou as divulgações das fotos, dizendo que seria ela.

“Quem tenha essas fotos armazenadas em seus aparelhos celulares ou em computadores, que apaguem. Se recebermos alguma denuncia que uma pessoa tenha essas fotos armazenadas, vamos verificar, e se for comprovado a pessoa será intima a comparecer na delegacia, podendo ser indiciado no crime”, explicou a delegada.

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar