DestaqueRegião

Governo Temer exonera superintendente do Incra em MS; prédio é ocupado

Saída de Humberto Mello era pedido de movimento sem terra

Sete meses depois da nomeação, o superintendente do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) em Mato Grosso do Sul foi exonerado hoje. Humberto de Mello Pereira estava no cargo desde novembro do ano passado e a saída era esperada por conta de pressão de movimento sem terra.

A nomeação de Humberto, à época, não agradou servidores do Incra e movimentos sociais porque ele era funcionário de carreira da Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer) e não do instituto.

A insatisfação só aumentou e recentemente representante do Movimento de Agricultura Familiar (MAF) foi até Brasília para reunião com o superintendente nacional Leonardo Góes. Desde então, Humberto já esperava a exoneração.

Diante da saída de Humberto, cerca de 300 manifestantes sem terra ocupam o prédio do Incra na Capital. Eles exigem a vinda de representante do instituto a Campo Grande para que um funcionário de carreira do órgão seja nomeado o novo comandante do instituto.

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar