DestaquePolítica

Contando com recurso bloqueado, Governo investirá R$ 90 mi na segurança até 2018

Mais de 200 veículos, armas e equipamentos foram entregues hoje

Cerca de R$ 90 milhões devem ser investidos na segurança pública do Estado de Mato Grosso do Sul até o fim do mandato do governador Reinaldo Azambuja, no ano de 2018. O anúncio foi feito na manhã de hoje, em solenidade que aconteceu no Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo, no Parque dos Poderes, em Campo Grande. A maior parte do valor (R$ 76 milhões), no entanto, segue bloqueada nas contas do Banco Rural.

Na ocasião, foram entregues 230 veículos, entre viaturas, motos e ambulâncias que deverão ser empenhadas nas policias civil e militar e Corpo de Bombeiros. A frota foi adquirida com parte do valor destinado à segurança pública.

Cerca de R$ 6 milhões foram usados para comprar escada Magirus  de uso no Corpo de Bombeiros. Com alcance de até 13 andares, o equipamento tem significativa importância para combates de incêndios em grandes prédios. No Estado, havia somente uma dessa e sem condições de uso. Ainda na solenidade foram entregues armas e outros itens usados nos respectivos setores de segurança.

De acordo com o governador, as aquisições foram possíveis com recurso de R$ 76 milhões do Estado e R$ 15 milhões de convênios com o Governo Federal. Além dos materiais e veículos já comprados, o dinheiro deve continuar sendo investido na segurança pública até o ano de 2018. Estão previstas aquisições de mais 393 veículos, reformas de prédios e Equipamentos de Proteção de Individual (EPI’s).

Em relação ao valor que será usado pelo Estado, mas que ainda está bloqueado, o secretário de Segurança e Justiça do Estado, Barbosinha, afirmou que a maior parte será destinada para a segurança.

“O recurso que estava contingenciado no Banco Rural o governador destinou quase que a totalidade para a segurança pública. Na verdade, esses recursos serão os grandes financiadores desses investimentos ao longo do ano e de 2017. Eles conferem a garantia e certeza desses investimentos”, disse.

Para o secretário de Governo de Azambuja, Eduardo Riedel, se caso houve problema na liberação do recurso ainda bloqueado no Banco Rural, o Governo cumprirá o compromisso de investir o valor anunciando usando recursos próprios.

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar