DestaquePolítica

Ex-petista Delcídio do Amaral antecipa voto a favor do impeachment de Dilma

O senador Delcídio do Amaral (sem partido) declarou que votará pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff, de acordo com levantamento feito pelo jornal O Estado de São Paulo nesta quarta-feira (13). Além de Delcídio, o jornal também aponta que outros 41 senadores, de um total de 81, posicionaram-se favoráveis a retirada de Dilma do Planalto, dentre eles, Marta Suplicy, outra ex-petista, que atualmente está no PMDB, e os senadores eleitos por Mato Grosso do Sul Waldemir Moka e Simone Tebet, ambos do PMDB.

O levantamento do Estado traz também 17 senadores contrários e dez indecisos. Oito deles, dentre os quais está o presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB), preferiram não antecipar o voto. De acordo com a reportagem, quatro não foram localizados, como o ex-presidente Fernando Collor (PTC-AL) e Jader Barbalho (PMDB-PA).

Entretanto, na prática, o Senado já teria os 41 votos necessários para abrir processo por crime de responsabilidade contra a Dilma, caso a Câmara aprove a abertura do processo – são necessários votos favoráveis de 342 deputados federais. Uma vez iniciado o trâmite, Dilma seria afastada até ser julgada pelo Senado. Neste caso, Michel Temer passaria a exercer, provisoriamente, o cargo de presidente.

Vale lembrar que, antes de ser preso, acusado de atrapalhar as investigações da operação Lava Jato, da Polícia Federal, Delcídio desempenhava o papel de líder do governo no Senado. E após mais de 80 dias preso, o ex-petista firmou acordo de delação premiada e foi liberado. Dentre as denúncias de Delcídio na delação, está a afirmação de que o senador foi especificamente escalado pelo governo para barrar a operação Lava Jato, dentre outras. O senador encontra-se licenciado das atividades parlamentares.

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar