Política

Zeca do PT é o deputado que teve mais faltas da bancada de Mato Grosso do Sul

Levantamento indicou que quem mais faltou em 2015 foi parlamentar do Pará

O deputado José Orcírio Miranda dos Santos (PT) foi o mais faltoso entre a bancada de Mato Grosso do Sul na Câmara dos Deputados, em 2015. Foram obrigatórios 125 dias de trabalho aos parlamentares e Zeca faltou a 22 dias, ou 17% de ausência.

Quem mais faltou em 2015 foi Wladimir Costa (SD-PA), que faltou a 105 sessões e foi apenas a 20. Foram 93 justificadas em “decorrência de recomendações médicas para tratamento de procedimentos cirúrgicos na coluna vertebral”, informou assessoria ao site Congresso em Foco, que fez o levantamento.

Quando o deputado tem falta justificada, não há desconto no salário, que é de R$ 33.763,00. Na bancada do Estado, Zeca e Elizeu Dionizio foram os que tiveram mais faltas não justificadas, quatro cada um.

Parlamentares que ocupam a Mesa Diretora, são líderes de bancada, presidente de comissões permanentes e de partidos e ex-presidentes da Câmara ficam dispensados de justificar.

Zeca do PT justificou 18 faltas, das 22 que teve. Do mesmo partido, Vander Loubet foi o segundo mais faltoso, com 19 justificadas, de um total de 20.

Quem menos faltou foram Carlos Marun (PMDB), Mandetta (DEM) e Tereza Cristina, cada um com seis ausências, de acordo com o levantamento do Congresso em Foco.

A tabela completa das faltas dos deputados pode ser visualizada neste link.

MISSÕES OFICIAIS

Ao mesmo tempo, Marun foi um dos deputados da bancada do Estado que mais missões oficiais fez. No ano passado foram quatro viagens, com um total de oito diárias, que em valores deu R$ 8.263,96. Os dados constam no portal da Câmara.

Ele, inclusive, viajou para Beirute (Líbano) para participar do 2º Encontro sobre diáspora libanesa, entre 21 e 23 de maio. Na mesma viagem, entre os dias 16 e 21 de maio, ele informou à Casa que foi para Londres (Inglaterra), sem ônus para a Câmara, para acompanhar membro da CPI da Petrobras na oitiva de Jonathan Taylor, ex-diretor da SBM Offshore.

Relatório da Câmara também indicou que Elizeu Dionizio (PSDB) fez uma missão oficial em 22 de junho, em viagem ao Rio de Janeiro, na Assembleia Legistativa, para tratar de criação de comissão relacionada ao estatuto da família. Utilizou-se de meia diária na viagem (R$ 262).

RELAÇÃO DE FALTAS

Zeca do PT – 18 faltas justificadas, 4 não justificadas;

Vander Loubet (PT) – 19 faltas justificadas, 1 não justificada;

Dagoberto (PDT) – 18 faltas justificadas;

Elizeu Dionizio (PSDB) – 6 faltas justificadas, 4 não justificadas;

Geraldo Resende (PMDB) – 6 faltas justificadas, 3 não justificadas;

Carlos Marum (PMDB) – 3 faltas justificadas, 3 não justificadas;

Mandetta (DEM) – 6 faltas não justificadas;

Tereza Cristina (PSB) – 5 faltas justificadas, 1 falta não justificada.

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar