DestaqueRegião

Com dinheiro do Fundersul, épossível pagar até duas vezes os estragos da chuva

Em 2015, fundo arrecadou R$ 428,4 milhões, mas R$ 138,1 milhões não foram aplicados

O recurso que restou em caixa da contribuição do Fundo de Desenvolvimento do Sistema Rodoviário do Estado de Mato Grosso do Sul (Fundersul) coletado no ano passado, garante ao governo de Reinaldo Azambuja (PSDB), com folga, a recuperação de estradas e de pontes quebradas ou caídas durante o período de chuva que afetou 32 dos 79 municípios do Estado.

Ou seja, o agronegócio sul-mato-grossense, de onde sai a arrecadação do Fundersul, é quem vai socorrer a administração do governador Azambuja.

Ano passado, segundo dados obtidos com exclusividade pelo Correio do Estado junto à secretaria de Estado de Infraestrutura, Seinfra, a contribuição juntada por meio do Fundersul, somou R$ 428.401.977,38.

Desde montante, foram gastos até agora R$ 290.247.539,40. Isto é, restam na conta R$ 138.154.438,38, o que corresponde a 32% de todo o arrecadado.

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar