quinta-feira,
11/04/2024
Mais
    InícioNotíciasCidadesMS fechou 30% a mais de empresas em 2015 e criou o...

    MS fechou 30% a mais de empresas em 2015 e criou o menor número em 9 anos

    O número de empresas fechadas em 2015 alcançou 2.191 em Mato Grosso do Sul, uma alta de 31% em relação ao ano anterior, segundo dados disponibilizados nesta segunda-feira (18) pela Jucems (Junta Comercial do Estado de Mato Grosso do Sul).

    No ano passado, a inflação fechou as portas de muitas empresas. Com juros em alto e preços nas alturas, três redes de supermercados fecharam as portas na Capital em 2015. Em novembro, a rede Makro atacadista encerrou suas atividades. Em dezembro foi a vez do Walmart do Shopping Bosque dos Ipês, e as duas lojas do Maxxi Atacado, nas avenidas Coronel Antonino e Ernesto Geisel.

    Os dados ainda mostram que a inflação fez o número de abertura de empresas cair no ano passado. Em 2015 foram abertas 5.921, 11% a menos que no ano anterior, 6.713. Foram constituídas 1.046 filiais no ano passado, uma queda de 17,8% junto a 2014. Na contramão, foram fechadas 503 filiais.

    O ano de 2015 foi um ano fraco para o comércio. Todas as datas comemorativas registraram vendas menores que em anos anteriores. Muitos lojistas justificam a crise econômica, que fez com que muitos brasileiros gastassem menos no Dia das Crianças, Dia das Mães e Natal, época que costuma ser boa para o comércio.

    Moto Grosso do Sul tem atualmente 195,5 mil empresas, e a maioria, 79,6 mil, fica em Campo Grande. Dourados está na vice-liderança, 16.716 empresas, de acordo com o levantamento feito no dia 15 de dezembro. Em terceiro lugar está Três Lagoas, onde existem 9,1 mil empresas.

     

     

    Mais Lidas