DestaqueNotíciasPolicial

PF apreende duas carretas com carga de cigarro em MS

Durante patrulhamento de rotina pela estrada que leva até o Porto Caiuá/MS, Policiais Federais encontraram duas carretas carregadas com 1.200 caixas de cigarros contrabandeados. Eles avistaram duas carretas que pretendiam chegar ao Estado do Paraná atravessando o rio pela balsa. Após darem ordem de parada, os motoristas saltaram dos veículos e empreenderam fuga pela mata adjacente a estrada, não sendo localizados mesmo com as exaustivas buscas efetuadas.

No entanto, dois homens que atuavam como olheiros foram presos por portarem rádios transmissores e acompanharem a movimentação dos policiais. O material ilícito apreendido e os presos foram encaminhados a Delegacia de Polícia Federal de Naviraí, estimando-se que o prejuízo causado a organização criminosa seja de R$ 1.8000,00 (hum milhão e oitocentos mil reais).

A ação contou com o apoio da Força Nacional, sendo a terceira grande apreensão da Polícia Federal no sul do Estado em poucos dias: no dia 1º/10/2019, Policiais Federais apreenderam 1.700 caixas de cigarros de origem estrangeira; em 02/10/2019, aproximadamente duas toneladas de maconha restaram apreendidas, ocorrendo no Assentamento Sul Bonito, próximo ao Porto Caiuá.

Nesta madrugada, a Polícia Federal, também no bojo da Operação Horus, prendeu um homem que estava transportando uma carga de aproximadamente 700 caixas de cigarros paraguaios, nas proximidades de Iguatemi/MS. Esta apreensão e prisão foi efetuada por equipe do Exército Brasileiro, que vem atuando em conjunto na operação.

O homem que dirigia o caminhão carregado de cigarros era foragido da Justiça Federal de Naviraí/MS, visto ter contra si expedido um mandado de prisão preventiva por integrar organização criminosa desmantelada na Operação Teçá, deflagrada recentemente pela Polícia Federal de Naviraí, a qual desarticulou organização criminosa envolvida com o contrabando de cigarros.

A Polícia Federal conta com o apoio da população para denunciar práticas criminosas que venham a ser cometidas, preservando sempre o sigilo absoluto.

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar