DestaqueTribuna Livre

Tribuna Livre – 4 de outubro

Tópicos da Coluna mostram a realidade da Campanha Eleitoral de 2018.

POLÍTICOS MALVISTOS – Cresce a onda da maldição aos políticos, em virtude do mau exemplo que eles dão no cenário nacional e também nos estados e municípios. A corrupção está arraigada na alma e no coração desses maus agentes políticos, razão de tamanha rejeição no momento de renovar o mandato. Até mesmo os novos candidatos sofrem por essa ignomínia em meio aos poderosos ocupantes de cargos eletivos. O “sujeito” entra sem vícios, e algum tempo depois aprendem a “malandragem”, tudo por causa do vil metal. Absurdo!

ONDA BOLSONARO – Com raras exceções, o nome de Jair Messias Bolsonaro se transformou em “mania nacional”, sobrepondo-se aos demais nomes que disputam a presidência. A proposta do candidato encontrou guarida em todos os corações, principalmente de quem tem o desejo de ver um Páís melhor, livre da corrupção e com mais progresso e ordem. Ele é um mito. Sem uma estrutura ideal para a campanha e com um discurso sincero, Bolsonaro vai se consagrando, e deve vencer as eleições já no primeiro turno. É o que muitos imaginam!

MUITO DINHEIRO – O tal do Fundo Partidário deixou muita gente de “cabeça quente”, com uma montanha de dinheiro na conta e sem saber como será a aplicação legal na campanha. O MDB é o partido com maior volume de recursos do Fundo, vindo a seguir o PT e o PSDB. Candidatos estão “fazendo festa” com dinheiro público. Os coronéis da política têm acesso muito mais fácil a esse dinheiro, que foi legalizado para a campanha eleitoral de 2018. É o financiamento público que está ajudando até mesmo alguns inexpressivos candidatos do interior.

CHUVA DE CANDIDATOS – Chega ser um vexame o que aconteceu em Mundo Novo, onde 5 candidatos disputam o cargo de deputado estadual, talvez isso tenha ocorrido por causa do Fundo Partidário e Eleitoral, uma forma que os líderes maiores e “donos” de partidos tenham encontrado para a “gastança” da montanha de dinheiro público. Existem casos no País, já denunciado pela Imprensa, em que candidatos mais “espertos” abocanharam, sozinhos, mais de 50% do dinheiro destinado pelo partido aos postulantes de cargos eletivos. Ufa!

PROPAGANDA ENGANOSA – Na ânsia de vencer a eleição, alguns candidatos petistas tentam burlar a legislação eleitoral, mas a Polícia Federal está agindo para evitar a propaganda enganosa, uma prática pouco inteligente desses que acham que os eleitores são inocentes. Eles estão “usando” a imagem de Lula para confundir o eleitor, o que é um contrassenso para “enganar”, se possível a Justiça Eleitoral, que está de olho nas ações dos “oportunistas”, que pensam que só eles são inteligentes, e querem induzir as pessoas de bem ao erro.

ESQUERDA PODRE – Sem dúvida alguma, pode-se afirmar, diante de todo o clamor popular que “a esquerda do Brasil está literalmente podre, sem qualquer possibilidade de recuperação.” Espera-se, pelas urnas, a recuperação da moral, restabelecendo-se, aqui e agora, a esperança dos brasileiros, através do Homem do Cavalo Branco, na visão de um renomado Espiritualista. Deus, em Sua infinita bondade, há de compadecer da gente brasileira. Neste domingo, os eleitores vão decidir o melhor para a Pátria Amada!

PENSAMENTO DO COLUNISTA – “Verás que um Filho teu não foge à luta!” É esse o sentimento dos brasileiros num momento de perplexidade em que vive a Nação, atemorizada, com a possibilidade da instalação do regime comunista, uma afronta para democracia. – Jairo de Lima Alves

 

 

 

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close