DestaqueNotíciasPolítica

Mulher chamada “Dilma” quer mudar de nome: “Ninguém quer ser comparado a alguém que ficou marcado pela corrupção”

Parece piada, mas é verdade. Uma reportagem da BBC de hoje mostra o drama vivido por uma mulher chamada “Dilma”, moradora da zona leste de São Paulo, que cansou do “bullyng” que sofria por causa do nome. Segue trecho:

“Cada vez que chego a um lugar e falo meu nome em voz alta, sou motivo de risada e depreciação. Chega uma hora que o ser humano não aguenta mais. Imagine estar num ambiente público e todo mundo zombar de você?”, lamenta.

Dilma P. diz que “nunca gostou” do nome de batismo, mas que nunca havia pensado em mudá-lo até o impeachment da petista.

“Nunca gostei do meu nome. Queria ter um nome mais popular, mas nunca pensei na vida em trocá-lo. Quando Dilma se tornou presidente, meu nome passou a ser mais conhecido e as pessoas diziam se tratar de um nome diferente. Ficavam surpresas que eu tinha o mesmo nome da presidente”, conta.

“Mas o impeachment chocou o país. Quando falo meu nome, todo mundo se lembra de Dilma e as piadas começam. Ninguém quer ser comparado a alguém que ficou marcado pela corrupção”, completa.

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close