DestaqueNotíciasOutros Destaques

Em Mato Grosso, duplicação da BR-163 avança mais que em Mato Grosso do Sul

Em 3 anos de concessão, CCR MSVia duplica 138,5 quilômetros dos 845,4 previstos

A privatização da BR-163, firmada em abril de 2014,  mostra que o controle da via pela iniciativa privada por enquanto é mais produtivo no trecho de Mato Grosso do que em Mato Grosso do Sul.

Dados apresentados pelas duas concessionárias apontam que em três anos de serviços, 26% das obras previstas pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) foram realizadas no estado vizinho. Enquanto isso, em MS, apenas 17,1% da meta foi cumprida, mesmo após reclamação da empresa, paralisação temporária das obras e maior prazo dado pelo órgão federal.

A via, uma das mais importantes da Região Centro-Oeste, liga a Amazônia ao Sul do Brasil, cortando por completo os dois estados. Em Mato Grosso do Sul, ela passa por 21 municípios, de um extremo a outro, de Sonora a Mundo Novo.

No total, dos 845,4 quilômetros de pista entregues à MSVia, ramificação da CCR que administra o trecho no Estado, 806 deles deveriam ser duplicados. Mas até agora, somente 138,5 quilômetros receberam nova pista como o acordado.

 

CorreiodoEstado

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close