NotíciasOutros DestaquesVariedades

‘Era isso ou fechar a empresa’, diz Silvio Santos sobre demissões em massa

Sabe aquele climão de quando o patrão chega na festa de fim de ano da empresa? Foi o que ocorreu na tarde da última sexta-feira (15), no pátio do Complexo Anhanguera, sede da emissora em São Paulo. De surpresa, Silvio apareceu na festa e fez até discurso de 15 minutos, ao lado de Patrícia Abravanel, e fez breve análise de 2017.

Silvio também mencionou a demissão em massa que promoveu em 2017, quando mais de 150 pessoas perderam seus empregos. “Eu só tenho colocado dinheiro nesses dois anos, porque nesse período as empresas só têm dado maus resultados. Se eu falar que as empresas perderam R$ 400 milhões, vocês vão achar que eu estou querendo provocar alarde. Mas são as informações que eu recebo”, destacou Silvio.

O showman do SBT também destacou que se os cortes não ocorressem, a empresa precisaria fechar. “Então é preferível sacrificar 50, 100 ou 150 pessoas do que sacrificar essa multidão que está aqui”, justificou Silvio, que também afirmou que já deixou a empresa para as filhas.

“Antes de dar adeus a todos vocês, eu já coloquei todas as empresas nas mãos das filhas”, contou. Por fim, Patrícia Abravanel encerrou a participação de Silvio Santos com uma oração. “Vamos abrir uma igreja no SBT e, assim como na Record, colocar a Patrícia em um programa”, brincou.

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close