DestaqueMundo NovoNotíciasOutros Destaques

Mundo Novo é beneficiada com apoio da ITAIPU com centro para capacitação de catadores de resíduos

Iniciativa financiada pela Itapu Binacional visa replicar as boas práticas de reciclagem do município em outras cidades do Paraná.

Um convênio firmado entre a Itaipu Binacional e alguns municípios paranaenses, e Mundo Novo-MS, vai permitir a criação de um centro para a capacitação técnica de catadores de 54 cidades – as 52 integrantes da Associação dos Municípios do Oeste Paranaense (Amop) e, ainda, Altônia (PR) e Mundo Novo (MS). O repasse de R$ 640 mil tem como objetivo permitir que as iniciativas de sucesso de Santa Terezinha de Itaipu em relação à gestão compartilhada de resíduos sejam ampliadas e replicadas em outras cidades.

A assinatura aconteceu na tarde desta sexta-feira (8), durante a inauguração da ampliação e requalificação da sede do Centro de Triagem de Materiais Recicláveis da Acaresti de Santa Terezinha, no Paraná, considerado hoje um dos mais modernos do país.

O valor repassado pelo convênio com a Itaipu também será utilizado na criação de um espaço para visitantes e para a instalação de um sistema de energia solar e de reuso da água no Centro de Triagem, bem como para a aquisição de uniformes para os catadores. “É o coroamento de um trabalho bem-feito, uma verdadeira referência para o Estado e o País”, elogiou Newton Luiz Kaminski, superintendente de Obras e Desenvolvimento de Itaipu.

Alexandre Teixeira também reforçou a importância do trabalho dos catadores e convidou os demais municípios a aderir. “É um modelo que pode e deve ser replicado. Mas, para isso, é preciso a adesão e o comprometimento de todos.”

A Itaipu

Com 20 unidades geradoras e 14.000 MW de potência instalada, a Itaipu Binacional é líder mundial na geração de energia limpa e renovável, tendo produzido, desde 1984, mais de 2,5 bilhões de MWh. Em 2016, a usina retomou a liderança mundial em geração de energia, com a marca de 103.098.366 MWh gerados. A hidrelétrica é responsável pelo abastecimento de 16% de toda a energia consumida pelo Brasil e de 90% do Paraguai.

meiofiltrante

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close