DestaqueTribuna Livre

Exortações do Atalaia aos que ministram no Templo

Ninguém escapará da ira divina no Dia do Julgamento

Após um bom período de acurada pesquisa e reflexão, o resultado está aqui: resumido, mas completo relatório, em tópicos, sobre o desvio de conduta na vida espiritual, quando as pessoas querem ultrapassar as barreiras da justiça em proveito próprio. O Atalaia adverte, porque “é preciso trabalhar enquanto é dia. A noite vem, quando nada mais poderá ser feito.”
 
I
Mistérios existem, e podem ser revelados, quando menos se espera. Alguém poderia entender o enigma?
 
II
Origem das Riquezas: herança, loteria ou o Ilícito. Fora disso, ninguém fica rico de um dia para o outro. Se existe outra fonte de riquezas, a origem deve estar nestes três princípios fundamentais.
 
III
Alguns desconfiam, mas ninguém tem certeza; a riqueza chegou tão depressa que até os mais “santos” percebem. O coração deles está repleto de orgulho e a vaidade não tem limite. Não acordaram ainda para a realidade da vida.
 
IV
Frequentam igreja séria praticando o ilícito, traindo a si próprios. A lei do triângulo se cumpre; eles serão punidos!
 
V
Os prosélitos e todos os fingidos pensam que estão agradando ao Criador, mas os seus dias estão contados, pela sua própria ignomínia. Eles sabem disso!
 
VI
Pastores e Anciães, Presbíteros e Cooperadores, Médiuns e Videntes, Diáconos e outros Sacerdotes injustos: a mão de Deus começa a lhes escrever a dura sentença!
 
VII
Surgem jovens valorosos para continuar a Grande Obra iniciada pelos Heróis da Fé. Eles serão mais prudentes que os velhos!
 
VIII
O próprio Jesus diz: “afastai-vos de mim!” E continua: “vomitar-te-ei de minha boca.” Palavra dura contra falsos profetas.
 
IX
Comércio ilícito ou atividades ilegais são práticas condenáveis pela Consciência Universal para qualquer ser humano. Que dizer das fraudes praticadas por aqueles que ocupam função nobre na casa de Deus?
 
X
Embora o assunto abordado seja sobre fraude, as instituições religiosas são incólumes e aptas para o bem-estar das pessoas. Os maus obreiros são infiltrados nos “lugares santos” com o fim de fraudar a confiança das respectivas comunidades.
 
XI
Tudo por dinheiro. É a prática comum em ambientes espirituais, de maneira esdrúxula. Suntuosos Templos são erigidos para agradar aos homens, invocando o nome da Divindade. No bojo, a exploração comercial e o enriquecimento de proeminentes líderes religiosos de todos os matizes.
 
XII
Paralelamente, deixando de lado os fraudadores e, fazendo a diferença, podem integrar uma lista enorme, figuras altamente espiritualizadas e que não se corrompem diante das tentações do vil metal.
 
Palavra Conclusiva
 
No contexto geral de fraude nos meios religiosos, alguns pontos devem ser levados em conta.
 
Ninguém mais tem paz em todo o Sistema de Coisas.A ganância domina as mentes e os corações
 
Embora seja grande a misericórdia divina, o Absoluto não terá misericórdia para com os fraudadores da Obra Santa, cuja missão na Terra é a restauração da Humanidade.
 
Savonarola em Florença pode ser um bom exemplo a ser seguido, quando o assunto é renovação espiritual e mudança de comportamento nos meios religiosos da atualidade.
 
Os pontos declinados nestes tópicos referem-se aos hábitos ocidentais, com ênfase na fé cristã em terras brasileiras.
 
A perfeição não é deste mundo. No entanto, os bons costumes devem prevalecer entre os dignitários para o fortalecimento das instituições místico-espirituais em todo o planeta.
 
Ao longo da história, com o fim de locupletarem-se, homens e mulheres no mundo todo fizeram aventuras para o tão sonhado empoderamento. O caminho mais fácil a percorrer para a satisfação do ego, poderia ser através da espiritualidade. Alguns, então, ávidos pela riqueza, enveredaram-se por vias tortuosas e, utilizando-se da fé foram em busca de pedras preciosas, agrotóxicos e até drogas pelas facilidades do contrabando e do descaminho. É uma questão de personalidade e felizmente não é a maioria que encontrou a paz e a felicidade na prática do crime. O bem ainda está acima do mal, apesar de tantos desencontros na estrada da vida.Comércio ilícito ou atividades ilegais são práticas condenáveis pela Consciência Universal para qualquer ser humano.
 
(Frater Ornator in “Sutilezas Metafóricas” para o verdadeiro Buscador – dez/2017)
Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close