DestaqueNaviraíOutros DestaquesPolicial

Vereadores de Naviraí atuam para proibição de orientação sexual em escolas

 

O projeto de emenda a lei orgânica de Naviraí, proposto pelo vereador Josias de Carvalho (PRTB) já na apresentação contou com apoio de outros oito parlamentares, que solicitaram para assinar conjuntamente. Com a mudança na lei estará proibido constar na grade curricular na rede de ensino, tanto municipal, estadual ou particular, no âmbito do município, a disciplina de Ideologia de Gênero, bem como, toda e qualquer matéria que tente orientar a sexualidade dos alunos ou que tente extinguir o gênero masculino ou feminino como gênero humano.

O projeto que deve ser votado ainda este ano, tem assinatura conjunta dos vereadores Antônio Carlos Klein, Fabiano Domingos dos Santos, Luiz Alberto Ávila Silva Júnior, Márcio Scarlassara, Ederson Dutra, Cristina Gradella e Eurides Rodrigues.

Na justificativa e baseado em estudos e profunda avaliação, o vereador argumenta que a ideologia de gênero, em resumo, prega que a identidade sexual de uma pessoa seja construída a partir de suas experiências sociais, culturais e afetivas, e não a partir de sua constituição biológica. Na prática, isso significa dizer que, se implementada nas escolas, os alunos passariam a aprender que, ser homem ou mulher é uma escolha pessoal, devendo com isso, decidir como querem ser tratados. “O ensino da Ideologia de Gênero nas escolas viola o princípio constitucional” lembra Josias, ressaltando que a lei estabelece a proteção de crianças e adolescentes.

Conforme entendimento do parlamentar e demais colegas a referida matéria não pode ser permitida por respaldar à violação da intimidade de crianças e adolescente sob o pretexto falacioso de prepará-las para uma dimensão fundamental da experiência humana. “Um palavreado que apenas esconde a intenção de induzir comportamentos, para dessa forma agredir e atacar frontalmente a instituição da família” finalizou o autor.

APOIO RELIGIOSO
Autor de importante artigo tratando do assunto o Pastor Paulo Coura, presidente do conselho de pastores em Naviraí, usou a tribuna da Câmara para ressaltar a importância da iniciativa do legislativo. Para ele a fé foi relativizada, a verdade se tornou relativa, as práticas morais não têm mais parâmetros de certo ou errado.
Mundialmente toda a ética cristã está sendo questionada e combatida. Vem sendo implantada lenta, progressiva e efetivamente uma ideologia anticristã e para isso a sociedade, os segmentos de todas as denominações tem que combater afinal, a Bíblia, está sofrendo um fortíssimo ataque como nunca antes.

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close