DestaquePolicial

A cada 14 horas, uma pessoa é assassinada em Mato Grosso do Sul

Estado registrou 608 mortes violentas intencionais em 2016, segundo Fórum de Segurança

Mato Grosso do Sul é o 6º Estado com o menor número de assassinatos no Brasil. Mesmo assim, em 2016, o Estado registrou, em média, um assassinato a cada 14 horas. Os dados são inéditos, divulgados nesta segunda-feira (30) pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Segundo o relatório, no ano passado, 608 pessoas foram vítimas de mortes violentas intencionais, oito a mais que em 2015. Pouco mais de 92% (560) destas mortes foram registradas como homicídios dolosos. Outros 6% (41) são em decorrência de latrocínio – quando o roubo é seguido de morte.

O anuário também reúne a quantidade de pessoas que perderam a vida em razão de lesão corporal grave, foram sete no Estado durante o ano passado.

Se há algo a comemorar entre os dados divulgados é que houve redução no número de policiais assassinados no Estado. Enquanto em 2015 cinco morreram, em 2016 foram três óbitos registrados, todos fora de serviço.

VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER

Entre as mulheres, os número também são alarmantes. Foram 102 assassinatos, 34 registrados como feminicídio – que desde 2015 tornou crime hediondo o assassinato mulheres motivado justamente pela condição de ser mulher.Nestes casos, a pena que costuma ser de 6 a 20 anos de prisão em casos de homicídio simples, aumenta para de 12 a 30 anos.

Foram registrados ainda 1458 casos de estupro, uma média de três casos por dia, crescimento de 0,8 % em relação aos 1429 registrados no ano anterior. Já os estupros tentados, que constumam causar trauma tanto quanto os consumados, apresentaram variação de 5,9%. Enquanto no ano de 2015 foram 155 tentativas, em 2016 o número chegou a 166.

GASTO COM SEGURANÇA

Diferente da maioria dos estados e apesar do aumento no número de mortes, Mato Grosso do Sul ampliou os investimentos em segurança pública na comparação do ano passado com o ano anterior. O total gasto na área em 2016 foi R$ 1,271 bilhão, aumento de 8,8% em relação a 2015, quando foram investidos R$ 1,168 bilhão.

VIOLÊNCIA NO BRASIL

A soma de mortes violentas intencionais nos Estados brasileiros alcançou 61.619. Representa sete pessoas assassinadas por hora, em média. A taxa de mortes violentas foi de 29,9 assassinatos por 100 mil habitantes.

“A violência se espalhou para o país todo. Não é exclusividade dos grandes Estados ou de uma única região. É hoje um problema nacional e faz com que o país se sinta amedrontado”, disse o diretor do Fórum, Renato Sérgio de Lima.

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Também

Close
Close