DestaqueTribuna Livre

PEDRO NÃO ESTEVE EM ROMA E NUNCA FOI PAPA

A Igreja Romana tem afirmado através dos séculos que o apóstolo Pedro foi o primeiro papa e teria sido morto em Roma, crucificado de cabeça para baixo. A afirmação não tem nenhuma base escriturística, pois o apóstolo fora constituído presbítero em Jerusalém, cuja missão era levar a mensagem de Jesus aos judeus e seus descendentes. Ele jamais se distanciou das cercanias da Cidade Santa, tendo morada fixa em Cafarnaum. Teve um apostolado profícuo em toda a região da Galileia, diferente de Paulo, que foi designado apóstolo dos gentios, levando o evangelho para o Ocidente, tendo visitado até a Espanha, além de inúmeras cidades do Império Romano.

Pedro era casado, tendo o mestre Jesus curado a sua sogra, fato ocorrido na casa do apóstolo em Cafarnaum, onde costumava repousar após Suas peregrinações nas cidades da Palestina. Paulo preferiu permanecer solteiro, e nesta condição empreendeu muitas viagens missionárias, tendo sido martirizado em Roma no governo do Imperador Nero, no ano 64. Foi, sem dúvida alguma, o maior evangelista de todos os tempos.

O apóstolo Pedro, certamente, não ficaria satisfeito, ouvindo o clero romano fazer afirmativas sobre um possível papado dele na capital do Império Romano. Ele promoveria um desmentido em carta aberta, visto que jamais teria tal pretensão, mesmo porque era um homem indouto e desprovido de vaidade nesse nível, além de pregar um evangelho simples e de muito poder.

Pedro não estaria a serviço de uma instituição sem identidade doutrinária, que realiza batismo de crianças e introduz tantas heresias em seu conjunto de dogmas, contrariando os ensinamentos do mestre Jesus.

A Igreja Romana, de acordo com renomados exegetas, é a legítima sucessora do Império Romano e não estaria apta para conduzir os destinos da Igreja Cristã, instituída pelo Nazareno no Cenáculo, quando 120 discípulos estavam reunidos esperando a descida do Espírito Santo. Pedro também estava ali e também estava a mãe de Jesus e outros, formando a assembleia divina. Pedro foi enérgico em sua palavra, mas nunca disse que iria para Roma ou para qualquer lugar do Ocidente. A sua missão seria na região, começando por Jerusalém.

 

 

 

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close